Suspeito de homicídio, roubo e tráfico morre em confronto com a CIPE em Jequié


Um homem identificado como Adriano Santana Almeida, de 29 anos, conhecido como “Dril” ou “Orea”, morreu após um confronto com policiais da CIPE Central, na manhã dessa quarta-feira (02), no bairro Inocoop. Os policiais receberam uma denúncia de um transeunte sobre um suspeito que estaria comercializando drogas no largo, próximo a um restaurante e uma escola. Ao se aproximarem do suspeito, os policiais teriam sido recebidos por disparos de arma de fogo. Houve o revide e Adriano foi baleado, socorrido até o Hospital Geral Prado Valadares, mas não resistiu ao ferimento e faleceu.

Com Dril os policiais apreenderam um revólver calibre .38 de numeração suprimida com 04 cartuchos deflagrados e 02 intactos, além de 17 buchas de maconha, 15 pedras de crack e 28 papelotes de cocaína, além de dois aparelhos celulares e material para embalar os entorpecentes. Segundo o blog Ocorrência Policial, Adriano possuía uma extensa ficha criminal e respondia por homicídio qualificado, roubo, furto, tráfico de drogas e agressão a mulher.