CDMCA decide apurar novamente todos os votos da eleição do Conselho Tutelar de Ipiaú


O Conselho Municipal dos Direitos das Crianças e Adolescentes (CMDCA) resolveu, em reunião realizada na terça-feira (08) com os candidatos eleitos, titulares e suplentes, a realizar a recontagem de todas as nove urnas disponibilizadas para a eleição dos conselheiros tutelares ocorrida no último domingo. A nova apuração está prevista para esta quinta-feira (10).

A princípio, após mais de 10 horas de apuração, ficou decidido pelo CMDCA que na terça-feira (08) seria feita a recontagem de duas das urnas, a pedidos de alguns candidatos. A parcial dos votos, divulgada na última segunda-feira (07) ficou assim definida: Mércia (451 votos), Eloy (397 votos), Jamille (389 votos), Polliana (322 votos) e Cleraldo Sertório (314 votos). Esses seriam os cinco eleitos. Os eleitos cumprirão mandato de 10 de janeiro de 2020 até 9 de janeiro de 2024, recebendo remuneração mensal de jornada de trabalho de 40 horas semanais.

Há informações que dois candidatos que não alcançaram êxito nas votações teriam acionado o Ministério Público alegando supostas irregularidades na apuração. O processo eleitoral do Conselho Tutelar do Município de Ipiaú atraiu no último domingo mais de 4 mil eleitores. O número de votantes poderia ser maior, se não houvesse desistência por conta da demora na fila. A votação foi realizada por cédulas de papel e não em urnas eletrônicas como em alguns municípios baianos. (Giro Ipiaú)