“Ela está se recuperando muito bem“, diz pai de menina atacada por pitbull em Ipiaú


Foto: Arquivo Familiar

A criança atacada por um cão da raça pitbull, na última terça-feira (29) se recupera bem das três cirurgias realizadas poucas horas após o ataque. Na tarde dessa quinta-feira (31), Emile Vitória recebeu a visita do pai e outros familiares. “Ela está ótima, se recuperando muito bem’, informou Nelson Lopes. Em um vídeo compartilhado pela família, Emile diz: “Oi gente estou bem, beijo para todo mundo”.

Emile voltava da escola quando foi surpreendida pelo animal, que pertence ao vizinho da família da garota. Ela foi socorrida por populares até o HGI, de onde foi transferida para o Hospital Manoel Novaes, onde permanece internada, acompanhada da mãe.O pai da vítima contou que a menina foi mordida no pescoço e no braço direito, e, por causa dos ferimentos, precisou passar por três cirurgias. Um dos procedimentos, segundo ele, foi para reconstruir as fibras do braço da garota. Nelson Lopes estava em casa quando a filha foi mordida e foi chamado pelo outro filho, de 10 anos, que presenciou o ataque. O socorrista conta que precisou apertar o pescoço do cachorro para que ele largasse a menina. Antes de Nelson chegar, foi um homem que passava no local que ajudou a criança.

Em contato com nossa reportagem, uma irmã do dono do animal informou que a família disponibilizou o atendimento imediato à criança e está acompanhando o caso. Conforme Januária, a saída do animal ocorreu após o portão ser aberto por alguns segundos. A família da garota registrou um Boletim na delegacia. O delegado Rodrigo Fernando informou ao G1 que o proprietário do pitbull pode ser indiciado por lesão corporal culposa. “Fizemos perícia na casa, constatamos que não tinha maus-tratos ao animal. Infelizmente foi uma fatalidade e houve negligência. Tem que ter mais cuidado com esses animais”, disse o delegado. (Giro Ipiaú)