Vazamento de gasolina na BR-330 não atingiu Rio Criciúma, afirmam órgãos


Foto: Divulgação/PRF

O vazamento de gasolina de um caminhão-tanque que tombou na BR-330 na última segunda-feira (13) não atingiu o Rio Criciúma. A informação foi divulgada por um técnico do Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos ao Blog do Júnior Mascote. Segundo o órgão, o resíduo de combustível vazado ficou retido no solo e na vegetação da lateral da pista e não chegou a atingir o curso da água que é afluente do Rio Criciúma. Técnicos da Embasa e da Vigilância Sanitária e Ambiental estiveram presentes também e negaram que o rio tivesse sido atingido. O boato se espalhou em redes sociais após o acidente com o caminhão-tanque na altura do km Um alívio para os ribeirinho que dependem desse rio.