Homens são presos em Ipiaú e Itagibá por descumprir medidas protetivas da Lei Maria da Penha


A Polícia Militar prendeu em Ipiaú e Itagibá dois homens acusados de descumprir medidas protetivas na Lei Maria da Penha.  O primeiro caso foi registrado pela PM, por volta das 15h, desta quinta-feira (06/02/2020), a guarnição da 55ª CIPM/Ronda Maria da Penha ao realizar visita de fiscalização de Medida Protetiva a uma assistida pela Ronda, na Travessa Bahia, no bairro Emburrado, verificou que o seu agressor, seu filho, encontrava-se na residência, descumprindo a medida de afastamento do lar, domicílio ou local de conivência com a ofendida, fixada o limite mínimo de distância de 200 metros, MPU (Medida Protetiva de Urgência). A vítima e agressor foram conduzidos a delegacia de Ipiaú para registro de ocorrência. O agressor já havia sido preso em 18 de dezembro do ano passado por ter agredido a sua mãe, fato que levou a Justiça e expedir a Medida Protetiva.

Já em Itagibá, o caso foi registrado por volta das 22h, da última quarta-feira (05/02/2020), quando a guarnição da 55ª CIPM/Itagibá recebeu uma chamada de populares, via telefone funcional, que relataram que estava acontecendo uma discussão de casal na rua Atalaia, Centro de Itagibá, aonde o marido estava sendo agredido. Ao chegar ao local, a guarnição manteve contato com os envolvidos, sendo que a ex-companheira informou que o motivo da confusão, era o fato de seu ex-companheiro que iria caçar e queria levar toda a carne da casa. A mulher apresentou à guarnição uma Medida Protetiva de Urgência, expedida pela Justiça de Ipiaú, na qual limita a aproximação do ex-companheiro a uma distância de 300 metros da vítima. O acusado foi apresentado na delegacia de Itagibá para as providências cabíveis. *As informações são da 55ª CIPM