Conheça a biografia do suboficial Gilvan Barbosa, pré-candidato a prefeito de Ipiaú


Gilvan Barbosa, nasceu em 24 de outubro de 1962 na cidade de Ipiaú, filho de João Estevão, conhecido como João Tucano e Teresa Barbosa Cortes, que por muito tempo prestou serviço de merendeira no Centro de Educação, onde hoje funciona o Centro de Apoio Pedagógico de Ipiaú (CAPI). Passou sua infância e adolescência na Rua Walter Hollerwerger, conhecida como Rua da Batateira. Gilvan Barbosa teve a honra de ter estudado nas Escolas: Centro de Educação Celestina Bitencourt e Colégio Estadual de Ipiaú (CEI), tendo como mestres Prof. Tatai, Cap. Milton, Vanda Santiago, Rosilda dentre outros. Ele também teve a honra de contribuir o seu Moral e Cívica, participando da Banda Marcial, Fanfarra, o Escotismo e o Tiro de Guerra. Nessa caminhada misturada de alegrias e tristezas, Gilvan gostava de saborear uma Tubaína com bolacha recheada de doce de banana, mas na proporção do seu crescimento, foi em busca do seu primeiro ganha pão, na ‘antiga feirinha”, onde vendeu peixe seco salgado, feijão, arroz, açúcar, entre outros produtos. Também trabalhou quebrando pedras. Com o amigo João Araújo, Gilvan conseguiu o seu primeiro trabalho aprendiz, como vendedor de jornal. E, como muitos jovens participou de movimentos sociais, na realização de abaixo assinados em busca de Manutenção ao Parque de Exposições, criação da então Praça do Cinquentenário. Também foi às ruas com a turma da K’Brada do Índio, lutou pelo Ginásio de Esportes como também as diversas modalidades esportistas, esteve à frente de um Clube de Futebol, se envolveu inclusive com amigos que atuaram em peças teatrais. Aos 17 anos de idade Gilvan Barbosa desejou contribuir mais em outras ações sociais e econômicas, ir em busca de novos horizontes, na sua mala continha apenas o necessário. A vontade de vencer na vida já era o foco do seu objetivo e o mesmo sentia que Ipiaú não era o seu futuro e como muitos ipiauenses, ele seguiu pra capital da Bahia, Salvador, precisamente na Gestão de José Borges de Barros, o ” Zequinha Borges “, o único Prefeito nascido em Ipiaú.Gilvan Barbosa chegando em Salvador foi ao encontro da sua irmã Isabel Alves Cortes, submeteu-se a fazer o Concurso para ingressar nas Forças Armadas. Colocou em prática os ensinamentos dos seus Professores e agradece, por ter sido aprovado para atuar no Rio de Janeiro, na Marinha do Brasil, agregou a sua grade escolar, os conhecimentos adquiridos nas escolas militares da Marinha do Brasil: Escola de Marinheiro na Base de Aratu-Bahia, Escola de Cabo CIAW, Escola de Sargento CIAA, Escola de Aperfeiçoamento CIAA, Escola de Suboficiais CIAA, Centro de Instruções Almirante Alexandrino de Aperfeiçoamento da Marinha. Em sua formação Acadêmica tem os Cursos de Técnico em Administração de Finanças, Técnico de Eletrônica, Técnico em Eletricidade, Técnico em Hidráulica, Técnico de Ensino Militar TECAD, Instrutor de Combate Incêndio, Formação em Gestão Pública, Gestão de Qualidade, além de Perito em Tiro. Na sua carreira Militar, conheceu a Costa Marítima do Brasil e os nossos “brasis”. Para além disso, conheceu diversos países no mundo, com diversidades de riquezas históricas e culturais. No Rio de Janeiro, na cidade de Maricá-RJ formou uma família e três lindos filhos. Com o passar dos anos, ao ficar na reserva ou seja, ao se aposentar, o Suboficial Gilvan Barbosa passou atuar nos movimentos políticos sendo até indicado a pleitear ao cargo de pré-candidato a prefeito da cidade de Maricá-RJ, onde passou a repensar seus valores patriótico e familiar, até porque todas as suas férias que recebia na Marinha, o mesmo caía na estrada para visitar sua terra natal. Daí despertou para uma nova fase de sua vida e se determinou a lançar seu nome como pré-candidato a prefeito deste município, ato garantido como presidente do PSC, Partido Social Cristão de Ipiaú.O Suboficial Gilvan Barbosa vem realizando, pela zona urbana e rural, suas caminhadas levando palavras do Povo Para o Povo, pois “quem conhece a sua casa são os donos “, e assim ele vem conhecendo de perto a realidade dos ipiauenses que estimam mudança na administração deste município. Uma das mudanças mais prioritária do Suboficial Gilvan Barbosa é varrer a cidade das mazelas incompetentes.

Os apoiadores acreditam que ele será o segundo ipiauense a galgar a Prefeitura, com fibra e coragem. Outra grande prioridade do pré-candidato é trazer empresas para que os ipiauenses possam ter dignidade e não ter seu voto encantado por diversos políticos que buscam o Poder pelo poder.

“2020 será o ano das mudanças, a oportunidade é agora, chega de forasteiros. Para mudar essa história podemos acreditar porque a casa é nossa, são dos filhos de Ipiaú, e pode sim ser administrada pelo seu filho, o Suboficial Gilvan Barbosa. Deus tem ouvido o clamor dos ipiauenses, querendo mudanças e nos enviou outro Davi, pra derrubar os Golias que agora se uniram, quem era contra, agora estão juntos, mas não poderemos temer porque o nosso Davi chegou e tem na mão uma funda e nessa funda não tem uma pedra, tem uma rocha”, comentou Gilvan.

*Informe Promocional produzido pela assessoria de comunicação do pré-candidato