Doce Mel e Ipiaú unidos pela permanência na elite do futebol baiano


Fotos: Arquivo/Giro Ipiaú

Um por todos, todos por um. O lema tradicionalmente associado com os heróis protagonistas do romance “Os três mosquiteiros”, escrito por Alexandre Dumas, também pode, muito bem, ser associado à relação do time do Doce Mel com a vibrante torcida ipiauense. Apesar das circunstâncias e provações mantiveram-se leais uns aos outros.

Na tarde desse domingo, 1º de Março, no Estádio Pedro Caetano, não vai ser diferente. A equipe azulão entra em campo com o propósito de lutar pela preservação de Ipiaú na elite do futebol da Bahia. É um time imbuindo de honrar todos os ipiauenses, assim como a comunidade de Ipiaú é toda vibração para incentivar o elenco que lhe representa.

É preciso considerar que toda caminhada começa com o primeiro passo e que este foi dado pelos dirigentes do clube quando apostaram na possibilidade de ingressar na mais importante competição futebolística baiana.

O alto investimento trouxe mais visibilidade para a cidade no cenário esportivo e impulsionou a Prefeitura (gestão Maria das Graças) a buscar parceria junto ao Governo do Estado para requalificar o Estádio Municipal. Hoje temos uma praça esportiva de bom nível.

Nessa conjugação de forças, Ipiaú cresce, aparece e se fortalece. Estamos fazendo uma bela história. A semente germinou, a árvore cresce e bons frutos virão. Já colhemos alguns e sentimos o delicioso sabor de mel. Iremos em frente, na certeza do crescimento, momentos mais promissores, com a gratidão do que já foi feito e na esperança de novas realizações.

Sejamos todos pelo nosso time, pois ele joga por nós, em nosso nome, em nome da nossa cidade. Vamos mostrar o tanto que Ipiaú gosta de futebol. Lotar o Estádio Pedro Caetano, torcer e vencer, fazer por merecer o lugar entre os grandes. É um por todos e todos por um. Doce Mel por Ipiaú, a torcida ipiauense pelo Doce Mel. Vamos saborear a vitória. (Giro/José Américo Castro)