Sobe para 21 o número de mortos na Baixada Santista; 28 pessoas ainda estão desaparecidas


Foto: Werther Santana/Estadão Conteúdo

Subiu para 21 o número de mortos após deslizamentos provocados pelo temporal que atingiu a região da Baixada Santista, no litoral de São Paulo. A forte chuva começou na noite de segunda-feira (2) e se seguiu até a madrugada de terça-feira (3). Dentre os mortos, estão dois bombeiros que trabalhavam nas buscas em Guarujá. De acordo com o Corpo de Bombeiros, ainda há 28 pessoas desaparecidas, e as buscas foram retomadas na manhã desta quarta-feira (4) em Santos, São Vicente e Guarujá.
A tempestade causou alagamentos em vias públicas, afetou serviços (transporte, educação, fornecimento de água, energia elétrica e telefonia) e fez rodovias serem bloqueadas. De acordo com a Defesa Civil do Estado, até o começo da manhã desta quarta-feira, havia 155 desabrigados em Guarujá, seis em São Vicente e 37 em Santos.Também há 11 desalojados em São Vicente. Em Peruíbe, 65 pessoas deixaram temporariamente suas casas e foram recebidas no Centro Comunitário do Caraminguava.