Ronaldinho Gaúcho é detido no Paraguai por passaporte falso


Foto: Norberto Duarte / AFP Photo

O ex-jogador Ronaldinho Gaúcho e seu irmão, Assis Moreira, foram detidos na noite desta quarta-feira (4) no Paraguai. Eles estariam com passaportes falsos. Ronaldinho está em Assunção para compromissos comerciais, e teve agenda cheia na capital paraguaia.

Segundo o Ministério do Interior do Paraguai, durante busca da Polícia Nacional e autoridades dos ministérios do Interior e Público na suíte em que o ex-atleta está hospedado foram encontrados documentos adulterados. Passaportes, carteiras de identidade e os telefones celulares de Ronaldinho e Assis foram apreendidos.Ronaldinho e o irmão não foram levados para uma delegacia. Eles seguem retidos, sob custódia, no hotel Yatch y Golf Clube. Eles têm audiência nesta quinta (5) com representantes do Ministério Público local e devem prestar depoimentos. Após serem ouvidos, o MP decidirá se denuncia ou não os dois brasileiros. Ao GloboEsporte.com, o advogado de Ronaldinho e Assis, Sérgio Queiroz, disse que “certamente trata-se de algum equívoco que será esclarecido”.

Segundo o jornal “ABC Color”, o MP suspeita que um empresário forneceu a Ronaldinho e seu irmão, Assis, os documentos supostamente falsos. Ronaldinho Gaúcho chegou ao Paraguai como astro, para participar de evento para arrecadação beneficente para crianças e lançar a biografia do jogador chamada “Gênio na vida”. *Com informações do G1