Bahia: Médico com coronavírus teve contato com pelo menos 90 pessoas


Tinha gente nas praças, nas quadras de esporte e nos bares. Neste domingo (22), parecia que muita gente não estava compreendendo que a recomendação, em todo o estado, era para que as pessoas evitassem sair de casa devido à pandemia do coronavírus. A rua estava movimentada, em Entre Rios, município no Litoral Norte baiano com pouco mais de 41 mil habitantes.

Até que, nas primeiras horas da tarde de domingo, uma notícia veio como uma bomba: um médico que atende na cidade, além de outros municípios da região, foi diagnosticado com o vírus da Covid-19. Em poucos minutos, a história se espalhou. Nos grupos de Whatsapp, áudios de autoridades locais e até mesmo de uma ligação feita pelo governador Rui Costa para tomar providências sobre o assunto viralizaram.

O médico era o ginecologista e obstetra Eduardo Santana Ribeiro, que atua fazendo ultrassonografias. Recém-chegado dos Estados Unidos no dia 8 de março, ele voltou a atender no dia 11. De lá até a última quarta-feira (18), atendeu pacientes de Acajutiba, Cardeal da Silva, Catu, Esplanada e da própria Entre Rios.

O CORREIO apurou que ele teve contato com pelo menos 90 pessoas até manifestar sintomas da doença, durante o atendimento em Entre Rios. O número total, porém, pode ser muito maior, já que três cidades não divulgaram a quantidade. Só em Catu foram 55 pessoas, de acordo com a assessoria da prefeitura da cidade. A lista inclui até mesmo a secretária de Saúde do município, hoje em isolamento. Leia mais no CORREIO