Governo convoca cubanos desligados do Mais Médicos


O governo federal chamou de volta ao trabalho médicos cubanos que atuaram no programa Mais Médicos e ficaram no Brasil. Um edital de chamamento público desses profissionais foi publicado em edição extra do Diário Oficial da União. Segundo esse edital, médicos que estavam trabalhando no Brasil em novembro de 2018, por conta do acordo firmado com o Ministério da Saúde de Cuba, podem reintegrar o programa federal. Esses médicos precisam também ter ficado no país na condição de naturalizado, residente ou refugiado.

Cubanos que tiverem interesse em voltar a trabalhar para o governo brasileiro devem se inscrever pela internet e enviar documentos. Os médicos estrangeiros vão ocupar postos de trabalho não ocupados por médicos formados no Brasil. No último dia 11, o Ministério da Saúde publicou um edital para contratação desses profissionais. Os cubanos trabalharão em áreas de extrema pobreza no Brasil.