Ipiaú: Comerciantes que cumprem decreto da prefeitura reclamam de funcionamento da Lojas Americanas


Lojas Americanas está aberta em Ipiaú.

Comerciantes que cumprem o decreto da Prefeitura de Ipiaú, e permanecem com seus estabelecimentos fechados, devido a pandemia do novo coronavírus, estão inconformados com o funcionamento da Lojas Americanas. Ouvido pela nossa reportagem, um dos comerciantes destaca alguns questionamentos: um deles é que ela não vende alimentos essenciais, mas guloseimas; outro ponto é o fato desse funcionamento causar mais prejuízos aos comerciantes locais que estão com suas lojas fechadas, já que na Americanas vende-se, vestuários, eletrodomésticos, eletrônicos, cosméticos e outros.

“Os clientes que comprariam com a gente, quando o comércio for reaberto, já estão indo todos para a Americanas. Estamos sendo penalizados mais de uma vez, porque nós estamos fechados e estamos, praticamente todos, perdendo para um logista só, que na realidade é de fora”, comentou um dos comerciantes. Ele ainda ressalta que em outras cidades do país a rede foi autuada por abrir mesmo com o decreto que impede o comércio de funcionar, com exceção de serviços considerados essenciais.

A Prefeitura de Ipiaú, por meio da Procuradoria Jurídica, informou que “atualmente, o decreto n. 5.585, publicado em 21/03/2020, permite que todas as empresas que vendem gêneros alimentícios permaneçam abertas, sem exceção. O decreto não classifica o tipo de gênero alimentício, assim como há permissão de conveniências, lojas que vendem cacau, ração, etc. Há permissão para todos os empreendimentos que vendem gêneros alimentícios, congêneres ou similares, de forma geral”.