Bahia pode chegar a 1,1 milhão de pessoas infectadas com o coronavírus em maio


Foto: Correio 24 horas

O número de pessoas infectadas com o novo coronavírus na Bahia vai chegar a 1,1 milhão em meados de maio. A projeção foi feita por pesquisadores da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) e divulgada nesta quarta-feira (1º). Na terça-feira (31), outro estudo apontou que o número de casos vai triplicar nos próximos dez dias se a população abandonar as medidas de isolamento social.

A pesquisa foi realizada pelo professor e coordenador do Grupo PET, da Faculdade de Economia da Uefs, Cleiton Silva, e pela estudante do 9º semestre Yasmin Oliveira. O levantamento observou que o crescimento diário de casos confirmados da doença, de 6 a 31 de março, tem sido de 23%. Ele apontou que dos 14,9 milhões de habitantes que vivem na Bahia, cerca de 1,1 milhão serão infectados, o que representa aproximadamente 7,4% da população.

“O número assusta, eu também fiquei assustado quando concluí os cálculos, mas está em acordo com estudos internacionais. As projeções podem mudar dependendo das medidas que forem adotadas pelas autoridades nos próximos dias e do comportamento do vírus em nossa sociedade, mas, no cenário atual, essa é a estimativa. Haverá um pico de infectados no meio do mês de maio e depois vai começar a diminuir”, afirmou Silva.