Barra do Rocha: Rui Costa ameaça mandar prender homem que teria descumprido quarentena


Foto: Divulgação

Uma mulher testou positivo para o coronavírus no município de Barra do Rocha e foi orientada a ficar em quarentena, interrompendo as atividades. O esposo, no entanto, não entendeu que precisara se afastar do convívio social, por conviver com a infectada, e impedir possível proliferação do vírus e continuou a trabalhar.

O governador Rui Costa foi acionado pelo prefeito da cidade, Professor Léo, que informou sobre o caso da mulher e disse que o marido estava se recusando a obedecer o isolamento. “Imediatamente pedimos que ela ficasse em quarentena. E ela respeitou. Só que o marido dela achou que quem tava de quarentena era a mulher. Dorme com ela, acorda no mesmo quarto e quem tá de quarentena é ela”, contou Rui nesta quinta-feira (2).

“Disse ao prefeito: vá na casa dele com uma equipe, se não, chame a polícia. Vou mandar um delegado prender se ele não respeitar a quarentena. E mande os seis funcionários ficarem também, usando máscara”, afirmou. Todos os envolvidos, segundo o governador, realizam exames ainda nesta quinta-feira (02). O caso de covid-19 em Barra do Rocha foi confirmado no final da tarde de quarta-feira (01) pela Sesab.

Homem nega ter descumprido quarentena

O esposo da mulher diagnosticada com covid-19 em Barra do Rocha, negou que tenha descumprido a quarentena. A informação que ele teria se recusado a permanecer em isolamento foi divulgada pelo governador Rui Costa, durante uma live ao meio-dia dessa quinta-feira.

O comerciante foi ouvido pelo GIRO, e disse: “Jamais colocaria a minha família, clientes e outras pessoas em risco. Desde ontem a tarde, quando fui informado da confirmação que ela estava infectada, voltei para casa e daqui não sair. Essa informação não existe, houve um equívoco nessa informação”. Ainda segundo o comerciante, ele e a esposa estão em quartos separados desde que houve a suspeita do coronavírus, e após a coleta de exame no último final de semana, as ações preventivas de isolamento da mulher foram ampliadas.

O morador de Barra do Rocha acredita que sua esposa foi infectada quando acompanhava uma parente no Hospital Geral de Ipiaú. Segundo ele, no mesmo recinto estava internada uma idosa que teve o caso confirmado na última sexta-feira (27). Ainda conforme o comerciante, além da idosa havia mais cinco pessoas no quarto do hospital. O homem ainda acrescentou que sua mulher se recupera bem. Na casa, em Barra do Rocha, vive apenas o casal. (Giro Ipiaú)