Decreto Municipal autoriza a reabertura gradual do comércio de Ipiaú


Foto: Giro Ipiaú

A Prefeitura de Ipiaú divulgou no Diário Oficial do Município, na tarde dessa quinta-feira (21), um novo decreto em que autoriza a reabertura gradual de estabelecimentos comerciais considerados não essenciais, a partir de segunda-feira (25). A decisão foi tomada após reunião com representantes do comércio na última segunda-feira (18) durante vídeo-conferência. Nessa sexta-feira (22), completa exatos 60 dias em que a maioria dos estabelecimentos comerciais do município foi fechada por medidas que visavam frear a disseminação do novo coronavírus.

De acordo com o novo decreto, o comércio está liberado para funcionar de segunda à sexta-feira das 08h às 14h. Aos sábados das 08h às 13h. O decreto proíbe o funcionamento de qualquer estabelecimento comercial aos domingos, inclusive supermercados, mercadinhos, padarias e congêneres. Apenas farmácias, postos de combustíveis e feira livre funcionarão aos domingos. A realização de promoções está proibida.

Em todos os estabelecimentos deverá haver um controle de entrada de pessoas, a ser realizado pelo lojista, de forma a permitir a entrada em número total de pessoas limitado a proporção de 1 a cada 9 metros quadrados. Os estabelecimentos também deverão ter uma pessoa na porta da entrada para borrifar álcool 70% liquido ou em gel, para higienização das mãos de todas as pessoas que entrarem no local. O uso de máscaras é obrigatório para funcionários e clientes.

Conforme o novo decreto, a partir desta sexta-feira (22), o serviço de delivery estará liberado diariamente até às 23h, através de veículos devidamente cadastrados na prefeitura de Ipiaú, mediante uso de colete padronizado com o indicativo “delivery credenciado”. O toque de recolher foi prorrogado por tempo indeterminado, entre o período das 20h às 05h.

A partir de 25 de maio está autorizada a funcionar normalmente a feira-livre, inclusive aos domingos, para venda de gêneros alimentícios, vestuários, calçados e produtos diversos. Neste domingo, 24, a feira também funcionará, mas só para feirantes do ramo de alimentos.

Seguem proibidos; eventos em clubes, associações de futebol (babas), academias, bares, escolas, casas de eventos/festas, clínicas de estética e salões de beleza, barbearias, autoescolas, eventos em templos religiosos e outros. Veja o decreto na íntegra