Acusado de tráfico em Ipiaú morre em confronto com a CIPE Central em Jequié


Foto: Arquivo/Divulgação

Morreu na manhã dessa segunda-feira (25), Cleidinaldo Silva, 42, um dos maiores traficantes de Ipiaú. De acordo com as informações apuradas pelo GIRO, o confronto entre policiais militares da CIPE Central e Cleidinaldo, ocorreu na zona rural de Jequié. Um outro homem, identificado como Rosivaldo França da Silva, 43, também morreu no tiroteio. Ambos possuíam diversas passagens policiais. Foram apreendidos na operação; dois revólveres, 23 kg de maconha e 500 gramas de semente de maconha. A droga foi encontrada com a ajuda de um cão farejador.

Foto: Divulgação

Cleidinaldo já tinha sido preso várias vezes em Ipiaú por tráfico de drogas. A maioria das prisões com apreensões de grande quantidades de maconha. Em 2013, em sua residência no Bairro Popular, a PM apreendeu 30 kg de maconha. Em 2011, a esposa dele foi presa com 19kg de maconha dentro de uma bolsa. O filho do casal também seguiu o mundo do crime e morreu durante um confronto com policiais em Jequié (ver aqui).

A última prisão de Cleidinaldo ocorreu em dezembro do ano passado, no bairro Água Branca, em Jequié (ver aqui). Atualmente estava beneficiado com prisão domiciliar. Ele possuía uma vasta ficha criminal por tráfico de entorpecente, porte ilegal de arma de fogo e crime de mando. No final de 2018, chegou a sofrer uma tentativa de homicídio em Ipiaú, quando estava no saidão (lembrar matéria). (Giro Ipiaú)