Vereador de Itagibá é preso por descumprir decreto municipal


Inho Baiano – vereador pelo PCdoB.

O vereador de Itagibá, Lázaro Damascena Pires, o Inho Baiano (PCdoB), foi preso na noite de sexta-feira (26), por aparente estado de embriaguez, desacato e descumprimento de decreto municipal. A informação foi divulgada na manhã desse sábado pela Polícia Militar, que realizou a prisão do edil em flagrante e o conduziu à delegacia de plantão na cidade de Ipiaú. A prisão ocorreu por volta das 20h30. Por ser uma ocorrência de um fato tipificado como infração de menor potencial ofensivo, ele foi liberado em seguida.

Conforme as informações, o vereador estava conduzindo um automóvel na Rua Dudu Correio, quando foi abordado pela Guarda Municipal, após denúncias. De acordo com a PM, Inho Baiano é acusado ainda de ter desacatado os agentes da Guarda Municipal e debochado da função deles. O vereador também teria sido visto ingerindo bebida alcoólica em um bar da cidade.

De acordo com a nota da PM, Inho Baiano já figura em algumas denunciais feita a Polícia Militar local, de estar sempre descumprindo os Decretos do Município (consumir bebida em bares, aglomerações, toque de recolher) convocando a população para não cumprir o distanciamento social. No entanto, nunca havia sido pego em flagrante. Desde o início da pandemia do coronavírus, a Prefeitura de Itagibá adota uma série de medidas de combate ao vírus, uma delas é o toque de recolher das 20h às 05h e outras restrições ao funcionamento do comércio. *Giro IpiaúVeja nota de esclarecimento de Inho Baiano