Japomirim: Vereador diz que obra na Rua Mestre Tota era de conhecimento da prefeitura


Vereador Tide (Foto: Giro Ipiaú)

Na última sexta-feira (26), o GIRO divulgou uma matéria com a denúncia de uma moradora da Rua Mestre Tota, no distrito do Japomirim, sobre os transtornos causados por uma obra no calçamento da referida rua (ver aqui). Na denúncia, a moradora afirma que os serviços foram iniciados pelo vereador Eroltides, mais conhecido como Tide, e paralisado logo em seguida, por conta do período chuvoso. Ainda na matéria, a Secretaria de Infraestrutura informou que a obra não foi de sua iniciativa e que ao tomar conhecimento, a embargou, e que a mesma está em processo de licitação.

Obra causa transtorno na localidade (Foto: Divulgação)

Nesta segunda-feira (29), o GIRO ouviu o vereador Tide. Ele afirmou à reportagem que os serviços nessa parte da rua era sequência do trabalho que já ocorria em outro trecho da mesma via pública. Tide assegurou que a Prefeitura tinha conhecimento dos serviços que eram acompanhados por outros profissionais da área de construção da gestão municipal. O vereador que também é efetivo

“Eu sou um simples vereador. Essa obra não foi o vereador Tide que mandou fazer, vereador não executa obras, vereador faz requerimentos. Agora o que me chamou a atenção é que colocaram a culpa em cima de mim. Eu sou um funcionário público, que estou afastado agora, por conta da lei eleitoral. Essa obra na Rua Mestre Tota, começamos ali na parte de baixo e como a gente tapou os buracos maiores lá, viemos para concluir essa parte da rua. Lá estava eu, como funcionário da prefeitura, e mais dois funcionários da prefeitura”, comentou o vereador.