Carnaval só acontecerá se houver ‘ambiente de total segurança’, diz Neto


Prefeito diz que prazo para decisão é novembro.

CORREIO – O prefeito ACM Neto falou nesta segunda-feira (13) sobre o possível adiamento do Carnaval 2021, por conta da pandemia de covid-19. Segundo Neto, nada está cravado e ainda é cedo para tomar alguma decisão. Ele disse que sua equipe trabalha com o prazo de novembro para avaliar o que será feito. “O Carnaval só ocorrerá se puder acontecer em ambiente de total segurança”, ressaltou o prefeito, que participou da inauguração de uma via.

“Hoje é impossível ter uma ideia se ocorrerá ou não o Carnaval em fevereiro do próximo ano”, afirmou, lembrando que a decisão ainda caberá à sua gestão, já que a festa exige um planejamento antecipado. “É impossível dizer se teremos segurança para a realização do Carnaval em fevereiro ou não. Nosso prazo é o mês de novembro. Não é uma decisão que tem que se tomar hoje”, destacou.

De acordo com o prefeito, a festa só vai acontecer no período tradicional caso já exista uma vacina ou uma “clareza em relação à imunidade coletiva” até novembro. “Caso cheguemos ao mês de novembro sem segurança plena para realizar o Carnaval em fevereiro, é claro que ninguém vai autorizar”, diz.

Diante do cenário de que em fevereiro não haja segurança para uma festa do porte do Carnaval, Neto considera que o adiamento é, sim, uma boa alternativa. “Avaliarmos a possibilidade do Carnaval acontecer entre o final do mês de maio e início do mês de junho, sem que conflite com o calendário junino. A gente sabe que os festejos do São João são muito importantes para o Nordeste, principalmente pro interior. Também não acho que seja justo o Carnaval prejudicar o São João, que esse ano já não tivemos. Ideal seria buscar um calendário em 2021, quem sabe até identificando feriados que podem ser utilizados, pela data propriamente ou pela antecipação de feriados. E aí organizar o calendário para o Carnaval”, explica.