Comércio baiano perdeu 20 mil postos de trabalho nos últimos meses


Foto: Reprodução/TV Sudoeste

A pandemia do novo coronavírus, que tirou a vida de milhares de baianos nos últimos quatro meses, foi responsável também por fazer outros 20 mil perderem os seus empregos no setor do comércio – o que representou uma retração de 10% no total das vagas. A revelação foi feita pelo empresário Carlos Andrade, presidente da Federação do Comércio, Serviços e Turismo da Bahia (Fecomércio-Ba).

Em conversa com o jornalista Donaldson Gomes, na live Política & Economia, ontem no Instagram do CORREIO (@correio24horas), Carlos Andrade disse ainda que não vê uma perspectiva de recuperação destes postos de trabalho nos próximos três meses. Para ele, a tendência para os próximos meses é de um aumento no número de desempregados no setor, pelo menos até dezembro.