Seis pessoas são condenadas pela chacina que deixou oito mortos em Porto Seguro


Foto: Reprodução

Seis pessoas foram condenadas nesta sexta-feira (23) pela chacina que deixou oito pessoas mortas em Porto Seguro, cidade do extremo sul da Bahia, em 2017. As penas variam entre 195 e 248 anos. Se somadas, o número chega a 1.237. A decisão foi proferida pela 1ª Vara Criminal da cidade. O crime ocorreu no dia 5 de fevereiro de 2017, após as vítimas, entre elas quatro filhos de policias, voltarem de uma festa “paredão”, realizada na orla da cidade.

Os jovens estavam em uma casa no bairro de Porto Alegre I, em Porto Seguro, quando foram surpreendidos por homens fortemente armados, que chegaram ao local em uma caminhonete, atiraram neles e depois fugiram. Apenas três homens e algumas mulheres que estavam na casa sobreviveram.

O grupo chegou a se passar por policiais ao chegar ao local do crime. Os homens estavam encapuzados, usavam roupa de camuflagem, coletes balísticos e armas de grosso calibre. Na época, com base no depoimento de sobreviventes, a polícia informou que a chacina não teve mais mortos porque a munição dos suspeitos acabou. Leia mais no G1