Animais domésticos não transmitem covid-19, diz agência sanitária


Foto: Reprodução

Após a análise de novos dados científicos, a agência nacional de segurança sanitária da França (ANSES) atualizou nesta quinta-feira (19) o relatório publicado em abril de 2020 sobre o potencial de transmissão da Covid-19 por meio de animais. A agência confirma que, até o momento, nem animais domésticos, nem silvestres, desempenham um papel epidemiológico na propagação do SARS-CoV-2 na França. A transmissão do vírus para humanos é hoje exclusivamente o resultado de um transmissão respiratória entre duas pessoas.

Após a análise de novos dados científicos, a agência nacional de segurança sanitária da França (ANSES) atualizou nesta quinta-feira (19) o relatório publicado em abril de 2020 sobre o potencial de transmissão da Covid-19 por meio de animais. A agência confirma que, até o momento, nem animais domésticos, nem silvestres, desempenham um papel epidemiológico na propagação do SARS-CoV-2 na França. A transmissão do vírus para humanos é hoje exclusivamente o resultado de um transmissão respiratória entre duas pessoas.

Certas situações específicas em algumas espécies animais, como uma alta receptividade ao SARS-CoV-2, porém, requerem vigilância para não constituírem, no futuro, um reservatório animal favorável à disseminação do vírus, como em criações de animais silvestres para consumo humano.