PF cumpre mandado no gabinete do secretário de Segurança Pública da Bahia


Foto: Divulgação

A Polícia Federal deflagra na manhã desta segunda-feira (14), simultaneamente, a 6ª e 7ª fases da Operação Faroeste. Segundo informou o Bahia Notícias, os agentes cumprem mandados no gabinete do secretário de Segurança Pública da Bahia, Maurício Barbosa. Pela decisão do STJ, ele ficará afastado por 180 dias do cargo. São cumpridos mandados de prisão temporária de duas desembargadoras do Tribunal de Justiça da Bahia, a prisão preventiva do operador de um juiz, além do afastamento do cargo e função de todos os servidores públicos envolvidos nestas fases. São cumpridos ainda 36 mandados de busca e apreensão nas cidades baianas de Salvador, Barreiras, Catu, Uibaí e em Brasília (DF).

As ações desta segunda atendem decisão do ministro do Superior Tribunal de Justiça, Og Fernandes. O objetivo é a desarticulação de possível esquema criminoso voltado à venda de decisões judiciais por juízes e desembargadores do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, desta vez, com a participação de membros de outros poderes, que operavam a blindagem institucional do esquema. São investigados possíveis crimes de corrupção ativa e passiva, lavagem de ativos, evasão de divisas, organização criminosa e tráfico de influência.