Visitas nas unidades prisionais da Bahia são suspensas


Foto: Reprodução

Levando em consideração os últimos Boletins Epidemiológicos emitidos pela Sesab, que apontam alta na taxa de contaminação pela Covid-19 no Estado e o grande número de ocupação nas unidades hospitalares, a Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap), atendendo aos protocolos e medidas de prevenção, controle e contenção de riscos, danos e agravos à saúde dos Servidores Penitenciários e da Comunidade Carcerária, decidiu suspender temporariamente, a partir desta segunda-feira (22fev21), as visitas sociais e religiosas nas Unidades Prisionais do Estado. Essa medida preventiva, conforme já mencionado, visa minimizar os impactos causados por uma possível transmissibilidade da Covid-19 no Sistema Penitenciário, como também, forçar a diminuição de possíveis vetores de contaminação em circulação nas ruas.