Bamin arremata trecho da Fiol na Bahia por R$ 32,7 milhões


Foto: Elói Corrêa/GovBA

O trecho da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol 1), que vai de Ilhéus a Caetité, foi arrematado em proposta única por R$ 32.730.000,00 pela Bahia Mineração S/A (Bamin) nesta quinta-feira (8). A disputa aconteceu na sede da B3, em São Paulo. A Bamin ficará responsável pela finalização do empreendimento e pela operação do trecho, em uma concessão que vai durar 35 anos, totalizando R$ 3,3 bilhões de investimentos.

Desse total, R$ 1,6 bilhão será utilizado para a conclusão das obras, que estão com 80% de execução. Além disso, a subconcessão da Fiol vai permitir a criação de 55 mil empregos diretos, indiretos e efeito-renda ao longo da concessão. A ferrovia começou a ser construída em 2010 e deveria ter sido entregue em 2014, mas o governo federal alegou falta de verba. Cerca de 75% das obras estão concluídas e os outros 25% serão bancados pela Bamin.

O contrato foi assinado entre a Bahia Mineração S/A e a Valec, braço do governo federal para a construção e operação de ferrovias, com gestão do contrato sendo feita por parte da ANTT, agência vinculada ao Ministério de Infraestrutura.