Câmara vota projeto que propõe o nome de Egildo Barberino para praça em Ipiaú


Foto: Divulgação

De autoria do Poder Executivo, através da prefeita Maria Graças, o Projeto de Lei 005/2021, será destaque na “Ordem do Dia”, da Sessão Ordinária que a Câmara Municipal realiza na noite desta quinta-feira, 8. A proposta indica que uma praça no Bairro Aloisio Conrado, receberá o nome de Egildo Barberino Matos. A praça encontra-se em fase de conclusão e conta com excelente estrutura, sendo uma das mais equipadas da cidade.

Na tramitação pelas comissões e na primeira votação do plenário, a matéria recebeu aprovação unanime por parte dos vereadores. A ideia de homenagear Egildo Barberino com seu nome em um logradouro público de Ipiaú partiu de do ex-vereador Jô da AABB que na legislatura passada chegou a apresentar uma minuta de Projeto de Lei neste sentido.

Justificativa

Na justificativa do Projeto de Lei 005/2021, a prefeita Maria das Graças traça uma síntese biográfica de Egildo, incluindo a sua trajetória como estudante, professor, artista, desportista, funcionário do Banco do Brasil, dirigente da AABB e fundador da Associação dos Aposentados do Banco do Brasil de Ipiaú (AABBI).

Nascido em Ipiaú, no dia 21 de maio de 1947, e falecido nesta cidade, na data de 28 de abril de 2016, Egildo Barberino Matos, era filho do relojoeiro Antônio Matos (seu Toninho) e dona Izabel Barberino Matos, pessoas simples e trabalhadoras que residiam na Avenida Lauro de Freitas e passaram aos seus descentes os elementares princípios da honestidade e respeito.

De um casamento com a professora Áurea Hohlenwerger, Egildo gerou três filhos: o musico e artista plástico Ayam, o jornalista Marcel e a professora Carolina Hohlenwerger pessoas que também se destacaram pelos seus talentos e honram a cidade onde moram. Dessa descendência também consta um neto: Théo.

Na conclusão da justificativa a prefeita ressalta que Egildo Barberino Matos deixou bons exemplos, relevantes serviços prestados à comunidade ipiauense, um legado que comprovadamente lhe credencia a merecer do município justas e sinceras homenagens, dentre as quais a honra ter seu nome em uma praça desta cidade. (José Américo Castro).