Ministro da Infraestrutura diz que Fiol é ‘projeto mais transformador da Bahia’


Ministro Tarcísio Gomes (Foto: Reprodução)

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, celebrou a concessão do trecho 1 da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) nesta quinta-feira (8), em leilão digital da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). A extensão de 537 quilômetros, entre as cidades baianas de Ilhéus e Caetité, foi arrematada pela Bahia Mineração S/A (Bamin) em lance único de R$ 32,730 milhões. A empresa ficará responsável pela finalização do empreendimento e operação do trecho nos próximos 35 anos.

“Essa concessão equaciona a questão do Porto Sul, com um sistema integrado mina-ferrovia-porto […] A ferrovia, na sequência, atenderá o poderoso agronegócio, que começa a crescer no oeste baiano”, avaliou o ministro após o leilão na B3, em São Paulo, ao avaliar que o projeto é “o mais transformador do estado da Bahia”. De acordo com o Ministério da Infraestrutura, o investimento total da Bamin no trecho 1 da Fiol será de R$ 3,3 bilhões. Desse total, R$ 1,6 bilhão será utilizado para a conclusão das obras, que estão com 80% de execução.