Vereador Orlando Santos pretende concorrer ao cargo de deputado estadual


Foto: Divulgação

Sabendo que a vida é cheia de desafios e que é preciso enfrentá-los quando se faz necessário, o vereador Orlando Santos-PP- anunciou que colocará seu nome entre os postulantes a uma vaga na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), nas eleições de 2022. Isso, entretanto, está condicionado ao seu partido lhe conceder legenda para a disputa, ou liberar o transito para outra agremiação.

“Tomei decisão de me candidatar deputado por entender que Ipiaú e região, necessitam de mais representatividade política. Somarei com aqueles que já prestam esse serviço e defenderei propostas que realmente venham atender aos interesses da população, sobretudo das camadas mais carentes”, explicou o pretendente.

Orlando Santos Ribeiro, 45 anos, ex trabalhador rural, está no exercício do seu terceiro mandato consecutivo na Câmara Municipal de Ipiaú. Foi o vereador mais votado na eleição de 2020, com 822 votos, e é um dos políticos mais atuantes no atual momento político do município. Faz parte da base de sustentação da prefeita Maria das Graças no Poder Legislativo, mas traz para o debate temas importantes, que normalmente não são trazidos para a pauta.

Outro destaque do vereador Orlando Santos é a capacidade de conseguir emendas parlamentares em favor de Ipiaú. Somente nos últimos quatro anos o valor dessas emendas, viabilizadas pelos deputados petistas Jorge Solla e Marcelino Galo, a seu pedido, chegou a R$2 milhões, beneficiando o município nas áreas da saúde, esportes e infraestrutura, dentre outras. “Se na condição de vereador agilizei esse montante em benefícios, imaginem sendo deputado”, ressaltou.

Orlando entende que sua pretensão de concorrer à Assembleia Legislativa ganhará força com as possíveis candidaturas do senador Jaques Wagner para Governador da Bahia e de Luís Inácio Lula da Silva para Presidente da República. Ele vislumbra uma dobradinha com o deputado Jorge Solla e considera que não haverá ruptura com a prefeita Maria das Graças, pois, não havendo incidentes de percurso, todos continuarão na base capitaneada pelo governador Rui Costa. (José Américo da Matta Castro).