Universidades estaduais na Bahia não têm previsão de retorno das aulas presenciais


Foto: Henrique Mendes / G1 Bahia

As universidades estaduais na Bahia não têm uma previsão para entrar na fase híbrida, com três dias da semana de aulas remotas e outros três de aulas presenciais. A informação foi divulgada pela Secretaria de Educação do Estado (SEC) nesta terça-feira (4).

Segundo informações da SEC, o planejamento do ano letivo contínuo 2020/21 da rede estadual envolve três fases. Após a etapa 100% remota, iniciada no dia 15 de março, será a vez da fase híbrida, com três dias da semana de aulas remotas e outros três de aulas presenciais, com a divisão das turmas em duas. Por fim, de acordo com a Secretaria de Educação, será feita a retomada das aulas 100% presenciais.

O Governo do Estado autorizou a retomada das atividades letivas nas instituições de Ensino Superior públicas e privadas, a partir do dia 3 de novembro de 2020, em sistema remoto.

Em Salvador, as faculdades particulares e cursos livres na capital baiana estavam liberadas desde 3 de novembro de 2020. As universidades com ensino técnico também já podem retomar as aulas presenciais. As aulas semipresenciais nas escolas municipais, particulares com ensino infantil, fundamental e médio, foram autorizadas e começaram a serem implantadas na segunda-feira (3).