Prefeitura de Ipiaú se reúne com escolas particulares para discutir retorno das aulas presenciais


Representantes de escolar particulares (Foto: Divulgação).

A Prefeitura de Ipiaú, através do Secretário da Educação e Cultura, Luís Sergio Alves, e da coordenadora da Vigilância Sanitária do município, Vanessa Fonseca, voltou a se reunir com representantes das escolas particulares para discutir o protocolo unificado de segurança para o retorno às aulas presenciais tanto na rede privada, quanto na rede pública de ensino. Na oportunidade, foram dirimidas dúvidas, ouvidas sugestões e repassadas orientações quanto aos procedimentos a serem adotados nas unidades escolares.

Durante o encontro, ocorrido na última semana na Sala de Reuniões da Secretaria de Educação, foram discutidos temas como estruturação das escolas, uso obrigatório de máscaras, distanciamento entre os estudantes, necessidade de sanitização dos ambientes, transporte escolar e o calendário de vacinação dos trabalhadores da educação. A Vigilância Sanitária fará a fiscalização de todos os espaços, e as escolas que não cumprirem o protocolo serão notificadas e suspensas.

Sabendo da importância do retorno das aulas para os alunos, pais, mestres da educação e comunidade em geral, o secretário Luís Sérgio Alves disse que não tem medido esforços para que isso aconteça o quanto antes possível. O secretário ressaltou a importância da vacinação dos professores e servidores da educação possibilitando assim uma previsibilidade de retorno às aulas presenciais em creches e pré-escolas para o início do segundo semestre. Não haverá obrigatoriedade de retorno, tendo em vista que as aulas serão semipresenciais.

Com 30 dias após o retorno das aulas nessas unidades, não havendo casos de Covid-19, ou com casos mínimos da doença, no âmbito escolar, a Secretaria de Educação e Cultura terá um parâmetro para indicar a liberação das demais categorias. “Entretanto, o principal critério para o retorno das aulas é a diminuição da taxa de ocupação dos leitos de UTI”, explicaram o Secretário da educação e a Coordenadora da Vigilância Sanitária. Se as condições forem favoráveis ao retorno das aulas, a Secretaria de Educação e Cultura e a Secretaria de Saúde consultarão o Ministério Público que deverá emitir parecer a respeito do assunto.

Da reunião na Secretaria de Educação e Cultura participaram representantes dos colégios Santo Agostinho, Dom Bosco, Aprovado e Batista, além das escolas Nova Geração e Ciranda das Letras. Também estiveram presentes a presidente do Conselho Municipal de Educação, Rosemay Almeida e as coordenadoras técnicas pedagógicas Mencia Bastos Bonfim e Vanderlane Sena. *José Américo Castro/Prefeitura de Ipiaú/Dircom