Médicos de MG infringem decreto e casam em Porto Seguro e realizam festa com aglomeração


Médicos de Minas Gerais fizeram uma festa de casamento com mais de 300 pessoas aglomeradas no distrito de Arraial D’Ajuda, em Porto Seguro. O evento infringiu o decreto do governo baiano, que proíbe festas com qualquer tamanho de público. As imagens registradas no casamento, que aconteceu no sábado (5), mostram as pessoas juntas, várias delas abraçadas, e sem máscaras.

Nas imagens não é possível ver dispensers de álcool em gel. Além dos convidados aglomerados, profissionais de fotografia, garçons e até uma banda estiveram no evento. Os médicos Ana Luísa Drumond, que é pediatra, e Marcel de Faria, que é ortopedista, saíram das redes sociais logo após a divulgação das imagens do evento irregular. A reportagem do G1 disse que não conseguiu contato com os dois, nem com a casa de eventos responsável pela festa.

A prefeitura de Porto Seguro também foi procurada para informar sobre a fiscalização do local, mas não deu retorno até a publicação desta reportagem. A Polícia Militar informou que foi chamada por denúncia e verificou a aglomeração. Os militares identificaram os responsáveis e organizadores da festa, que supostamente foram notificados pela prefeitura. Ainda em nota, a PM disse que todos os dados foram encaminhados à Polícia Civil, que vai fazer apuração e responsabilização dos autores.