Vereadores prestam queixa contra site que veiculou seus nomes e imagens em matéria que denuncia suposta prática de “rachadinha”


Foto: Divulgação

Uma queixa crime contra o site de notícias Rede 2 D, nas pessoas do seu editor Vicente Tripoldi e do responsável técnico Nailton Borges, foi registrada na Delegacia de Polícia de Ipiaú pelo advogado Milton Pinheiro Filho, juntamente com os vereadores Robson Moreira -PP-, Claudio Nascimento -PSD- e Andreia Novaes -PP-, além do ex-vereador Francisco Xavier (São Jorge) sob a alegação de que o referido site não procurou ouvi-los para esclarecer porque os seus nomes foram citados indevidamente em uma matéria que insinua a suposta pratica de “rachadinha” no âmbito da Câmara Municipal de Ipiaú.

O pivô da matéria foi um áudio em que o vereador Milton Costa Cruz, o popular “Picolé” -DEM- em conversa com o presidente do Diretório Municipal desta agremiação política, Plinio Lemos, admite a possibilidade de adotar tal ilegalidade. Os queixosos argumentam que faltou ao site a adoção do necessário princípio da imparcialidade que evidencia o compromisso com a diversidade e o equilíbrio dos pontos de vista dentro da matéria, garantindo o direito ao contraditório, enfim ouvindo todas as partes citadas no fato.

DANOS MORAIS
“Ao contrário de adotar esse elementar princípio do jornalismo, o redator da notícia se apressou em citar os nossos nomes de maneira sensacionista e até irresponsável, editando o áudio em vídeo com a exposição de nomes e imagens, causando graves danos morais” comentou o advogado Milton Pinheiro Filho. O jurista acrescentou que a exposição não autorizada da imagem de pessoa extrapola o direito à informação jornalística e configura dano moral indenizável.

O termo circunstanciado será lavrado pelo delegado Isaias Lucena e encaminhado para a Justiça que brevemente deverá se pronunciar a respeito do assunto. Por sua vez o vereador Robson Moreira, presidente da Câmara Municipal de Ipiaú, destacou: “O mínimo que exigimos é uma retratação imediata do que foi dito em relação às nossas pessoas”.

SITE SE COLOCA À DISPOSIÇÃO
Ao tomar conhecimento da reclamação feita pelos vereadores, na manhã dessa quinta-feira (10), os dirigentes do site Rede2D, disseram que o espaço está aberto para os reclamantes se pronunciarem. Ao GIRO, eles enviaram a seguinte declaração: “O espaço no site está amplamente aberto para o contraditório, para livre manifestação, de quem julgar necessário proceder qualquer esclarecimento. Essa é a postura editorial da publicação. E quanto ao conteúdo das matérias, eles se limitaram a reproduzir o que dizem os áudios, não houve qualquer manifestação opinativa ou de juízo sobre o tema. Por isso, não se fez necessário oitiva prévia dos citados. Até porque foram conteúdos que são e eram públicos, já viralizados nas redes sociais”. ( José Américo Castro).