Butantan retoma entregas da CoronaVac ao Ministério da Saúde com fornecimento de 800 mil doses


Foto: Reprodução

Após quase um mês de entregas suspensas, em virtude da paralisação de sua produção em maio, o Instituto Butantan liberou nesta sexta-feira (11) mais 800 mil doses da vacina CoronaVac ao Ministério da Saúde. No final do mês passado, o Butantan voltou a receber o insumo para fabricação do imunizante após ter suspendido completamente a produção da vacina em 14 de maio por falta de matéria-prima.

De acordo com o portal G1, com o novo lote, o instituto alcança a marca de 48 milhões de doses enviadas ao Programa Nacional de Imunização (PNI) desde o início do ano. Uma nova remessa deve ser liberada ao governo federal na próxima segunda-feira (14). “Vamos seguindo na produção de doses ao longo dos próximos dias, e estaremos fazendo uma entrega adicional de 5 milhões de doses, começando com essas 800 mil que estão sendo embarcadas agora para o Ministério da Saúde”, explicou o governador de São Paulo João Doria (PSDB).

Ele também reiterou há previsão de concluir a entrega de 100 milhões de doses da CoronaVac até o final de setembro. O procedimento será possível graças a uma entrega de seis mil litros de Insumo Farmacêutico Ativo (IFA). A matéria-prima, enviada pela biofarmacêutica Sinovac, parceira do Butantan, passa pelos processos de envase, rotulagem, embalagem e controle de qualidade para que a vacina seja entregue ao PNI.