Experiência e espírito vencedor de Elias Borges contagiou elenco do Doce Mel


Foto: Divulgação

Crônica/Por Romário Henderson

Elias Borges não foi a primeira opção para comandar o Doce Mel Esporte Clube, chegou após a precoce demissão do técnico Paulo Salles, em um momento de instabilidade do clube, que frequentava a parte de baixo da tabela, embora embolado com outras três equipes. Elias tinha cinco partidas para colocar o time na final, cinco jogos em que ele autodenominou cinco finais. Sua experiência em acessos e ótimos trabalhos em outras equipes, além de seu espírito vencedor, foram um divisor de águas para dar uma injeção de ânimo no elenco, que reagiu favoravelmente.

O retrospecto de três vitórias e dois empates credenciaram o Doce Mel a disputar uma inédita final, cujo acesso é plenamente possível. Com Elias, o time fez mais gols, foram oito no total, e sofreu metade, apenas três, média de menos de um gol sofrido por jogo. Seus viés ofensivo, sua coragem nas alterações, sua audácia em ver o time ser contundente não desequilibrou a defesa, que esteve quase impecável sob o seu comando. Elias Borges tem o grupo nas mãos. Os atletas demonstram confiança em seu trabalho e em suas orientações. O time está coeso, bastante concentrado e focado para alcançar o objetivo.

Foi com Elias que o Doce Mel venceu jogando fora de casa; marcou três gols em um mesmo jogo; corrigiu o problema da lateral esquerda; e é com ele que o acesso à primeira divisão está às portas para acontecer. Como um treinador que tem as costas largas e sabe como é o futebol, deverá blindar os jogadores do frenesi da torcida, para que o grupo mantenha os pés no chão, e com humildade e respeito pelo adversário, consiga cumprir o seu papel e, ao final, trazer o título e a ascensão à elite para todos os apaixonados torcedores ipiauenses.

Doce Mel inicia treinamentos para primeiro jogo da final do Baianão Série B


Equipe treinou em Ibirataia (Foto: Tesouras Notícias)

Após vitória do jogo contra o Canaã, o elenco do Doce Mel voltou aos trabalhos na tarde desta terça-feira (14), no Estádio “O Tesourão”, na cidade de Ibirataia, para a primeira partida final do Campeonato Baiano Série B contra o Olímpia. Sob o comando do técnico Elias Borges e do auxiliar Técnico Matheus, os jogadores treinaram jogadas de fundamento. Elias Borges focou o treino nas jogadas ofensivas e de finalizações. Ausente o atleta Railan que sofreu uma contusão no último jogo contra o Canaã. O primeiro jogo da final do Baianão Série B, será no próximo domingo às 15:00h no Estádio Pedro Caetano em Ipiaú. *Do Tesouras Notícias

Dois jogos movimentaram rodada da Copa dos Campeões de Ipiaú


Destaque para goleada da Rua da Banca sobre a Avenida.

No último domingo, 12, na Área de Lazer Rio Novo (campo da baixada), a bola rolou para dois jogos válidos pela 4ª rodada da Copa dos Campeões. O duelo que abriu os trabalhos foi entre Vicente Júlio Aragão (Corote) x Japomirim (Gambiarra). Jogo disputado com bastante equilíbrio, com as equipes tentando de todas as maneiras buscar a vitória, mas ao final, o empate por 1 a 1 foi ruim para o Vicente Júlio Aragão, que segue sem vencer, enquanto o Japomirim foi aos quatro pontos ganhos. No outro jogo, a Rua da Banca goleou a Avenida pelo placar de 8 a 1, foi um verdadeiro rolo compressor. A Banca se classificou com uma rodada de antecedência, segue com 100% de aproveitamento. Enquanto isso, a Avenida amargou sua segunda derrota em dois jogos, ficando em situação bastante delicada. (Giro/Romário Henderson)

Rodada da Copa dos Campeões teve vitória da Getúlio Vargas e clássico entre Alto da Carolina e Davi de Souza


Alto da Carolina e Davi de Souza empataram.

A terceira rodada da Copa dos Campeões foi disputada na manhã de domingo, 05, na área de lazer Mané Grande (Campo da Baixada). O tempo chuvoso prejudicou veementemente as condições do campo, formando muitas poças e muita lama em várias partes. Com a bola rolando, a equipe da Getúlio Vargas venceu fácil o time do Bairro Novo pelo placar de 2 a 0, gols marcados ainda no primeiro tempo. No outro jogo do dia, entre Alto da Carolina x Davi de Souza, o equilíbrio técnico entre as equipes se confirmou dentro do campo e no placar, que terminou empatado por 1 a 1. (Giro/Romário Henderson)

Ônibus com o time sub-15 do Bahia colide com caminhão em MG; motoristas morrem


Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

O ônibus que levava a delegação do time sub-15 do Bahia se envolveu num acidente na estrada na cidade de Salinas, interior de Minas Gerais. O veículo colidiu de frente com uma carreta. De acordo com as informações da assessoria do Bahia, os atletas estão bem, mas o motorista Carlos Oliveira Pacheco, da empresa de ônibus, morreu na hora. O condutor do caminhão também não resistiu. Alguns integrantes da comissão técnica ficaram levemente feridos e foram encaminhados para atendimento médico. A equipe viajava para São Paulo para a disputa da Copa Nike. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) acompanha a ocorrência e a causa do acidente ainda é desconhecida. Parte da carga do caminhão, que transportava eletrodomésticos, foi saqueada por populares que passavam pelo local do acidente. *Com informações do G1

Ipiaú: Copa dos Campeões teve rodada no Dia do Trabalhador


Rua do Curral e Feirinha ficaram no empate.

A segunda rodada da Copa dos Campeões foi disputada na manhã dessa quarta-feira, 1º de Maio, na área de lazer Mané Grande (campo da baixada), com a realização de dois jogos. No primeiro duelo do dia, Rua do Curral (Vitória) e Feirinha (Os Trogos) fizeram um jogo morno, sem grandes emoções. As equipes se respeitaram demasiadamente e tivemos pouquíssimas chances de gol. A partida terminou empatada em 0 a 0.

Japomirim goleou a Avenida.

No outro jogo, o Japomirim (Gambiarra) venceu o time da Avenida pelo placar de 3 a 0. A alta temperatura causou enorme desgaste físico aos atletas, mesmo assim, o Japomirim sentiu menos, aproveitou as oportunidades criadas e largou bem na competição. No próximo domingo, 05, acontecerá a terceira rodada com os seguintes confrontos: Bairro Novo x Getúlio Vargas, às 8h, e Alto da Carolina x Davi de Souza, às 10h. (Giro/Romário Henderson)

Campeonato de futebol do Arara começa nesta quarta-feira


Foto: Arquivo/Giro Ipiaú

A diretoria de esportes, juntamente com o desportista Alessandro (Mozão), planejaram e darão início nesta quarta-feira, 01, ao Campeonato de futebol do Arara. A competição contará com oito participantes, que estão divididos em dois grupos com quatro times cada. Confira os grupos: Grupo A (Sol de onda, Rua da Granja, Bem Bolado e Rua da Granja I) e Grupo B (Vila Esperança, Irmã Dulce, Fla Emburrado e Lava Jato Av.). Se classificam para a próxima fase os dois melhores de cada grupo. A rodada inaugural terá dois jogos: Sol de Onda x Bem Bolado, às 8h, e Rua da Granja x Rua da Granja I, às 9h. O campeão levará a quantia de R$ 1.000,00 e o vice-campeão R$ 500,00, além de troféus. (Giro/Romário Henderson)

Rua da Banca e Cidreira estreiam com vitória na Copa dos Campeões


Vicente Júlio Aragão 1×2 Rua da Banca.

Ipiaú – A segunda rodada da Copa dos Campeões teve uma ótima média de gols e um duelo de tirar o fôlego. O jogo que abriu os trabalhos entre Vicente Júlio Aragão (Corote) e Rua da Banca teve muita emoção. O Vicente Júlio Aragão saiu na frente com gol de falta do meia Gazinho, ele que é da cidade de Jitaúna, e saiu vencedor no primeiro tempo. Na etapa final, a Rua da Banca, que montou um time estelar, reagiu bem, e virou o jogo com dois gols do atacante Fofão, confirmando a vitória de sua equipe.

Cidreira goleou o ACM.

No outro jogo, a competitiva equipe da Cidreira goleou o frágil time do ACM pelo placar de 4 a 0. A Cidreira mais uma vez chega forte para a disputa, com um time de qualidade e duro de ser batido. A próxima rodada acontecerá na nesta quarta-feira, 01, feriado do dia do trabalhador, a partir das 8h. (Giro/Romário Henderson)

Doce Mel deixa escapar vitória no Pedro Caetano diante do Unirb


Foto: Giro Ipiaú

Os mais de 600 torcedores que compareceram ao estádio Pedro Caetano, em Ipiaú, na tarde deste domingo, 28, e esperavam por uma vitória do Doce Mel Esporte Clube saíram frustrados com o resultado da partida contra o UNIRB. A equipe ipiauense saiu na frente do placar aos 7 minutos do primeiro tempo com um gol do zagueiro Ed. O empate saiu nos minutos finais da segunda etapa, gol marcado pelo atacante Tatu. Com o resultado, o Doce Mel perdeu a chance de assumir a segunda colocação. O próximo desafio da equipe que representa Ipiaú será em Salvador, no estádio Pituaçu, contra o lanterna Galícia. A Série B do Campeonato Baiano é liderado pelo Olímpia que venceu, no sábado (27), o Cajazeiras por 3X1. O outro jogo deste domingo, Galícia X Canaã terminou empatado em 2X2.  Abaixo veja como ficou a tabela de classificação.

O JOGO/por Romário Henderson

O Doce Mel abriu o placar em gol anotado aos 7 minutos pelo zagueiro Edy, de cabeça, e Tatu empatou para a Unirb, aos 44 minutos do segundo tempo. O resultado interrompeu a possibilidade de o Doce Mel subir na tabela, mas ainda restam duas rodadas e a equipe continua com chances.

Foto: Giro Ipiaú

O técnico Elias Borges mudou o time, deixando-o mais ofensivo com a entrada do atacante Gustavo na vaga do volante Jefão, voltando à formação ao 4-4-2. Nos primeiros minutos a marcação do Doce Mel estava bem adiantada, o que ocasionou em várias roubadas de bola no campo de ataque, sufocando a Unirb, que não conseguia sair pro jogo. E vivendo esse bom momento na partida, veio o gol. A clássica jogada da bola parada com a cobrança fenomenal de Alessandro Azevedo, que encontrou a cabeça do zagueiro Edy, fazendo as arquibancadas do “Pedrão” estremecer. A propósito, a torcida abraçou o time, e essa injeção de ânimo contagiou cada jogador. Ainda no primeiro tempo o meia Rayllan, que vinha bem, se sentiu mal e pediu substituição, entrando em seu lugar Tiago Carnaíba. Essa mudança fez o time cair um pouco de produção, ficou mais lento, recuou as linhas, e a Unirb começou a ter mais posse de bola, explorando bastante o seu lado esquerdo, onde apoiava bem o lateral Almir, que procurava sempre o experiente João Neto, que por meio de cruzamentos tentava encontrar o atacante Tatu, mas a defesa do Doce Mel estava sempre bem posicionada, fazendo cortes precisos.

Foto: Giro Ipiaú

Para o segundo tempo, Elias Borges colocou o atacante Adnael (Secão), na vaga de Gustavo, com o intuito de dar maior mobilidade e velocidade ao ataque. O time da Unirb, por sua vez, voltou com dois novos laterais. O ritmo lento do Doce Mel no segundo tempo, aliado com o baixo desempenho dos meias Keu e Tiago Carnaíba, colocaram a Unirb como soberana com a posse de bola, jogando muito pelos lados em velocidade, cruzando muitas bolas na área, mas a defesa estava muito consistente, rebatendo todas. A exemplo do que aconteceu no segundo tempo contra o Olímpia em Ipiaú, o Doce Mel ficou acuado, dando muito campo para o adversário, chamando o time para o seu campo, à espera de um contra ataque para matar o jogo. Essa oportunidade veio em descida rápida de Adnael (Secão) pelo lado esquerdo, que em passe milimétrico, deixou Tiago Carnaíba em boa condição. O atleta tinha Marcelo Pano livre ao seu lado, mas de forma egoísta, não deu o passe e perdeu a jogada. Cada vez mais a Unirb crescia, era perigosa, deixava a torcida apreensiva e, já nos momentos finais, o atacante Tatu desviou de cabeça e empatou a partida, jogando um balde de água fria. Placar final: 1×1. Resultado muito ruim, mas não desastroso, visto que a equipe continua viva e com condições de ainda se recuperar.





Atleta ipiauense é campeão municipal em Morro do Chapéu


Albérico vem ganhando seu espaço no cenário baiano (Foto: Divulgação)

O lateral direito Albérico, de Ipiaú, conquistou o título do forte Campeonato Municipal de Morro do Chapéu, defendendo a equipe do AZUUP, que foi bicampeão da competição. O tradicional certame conta anualmente com a participação de vários atletas renomados do futebol amador da Bahia, o que torna o campeonato ainda mais valorizado e respeito no estado. Após defender a Seleção de Euclides da Cunha na edição passada do Intermunicipal, Albérico vem ganhando seu espaço no cenário baiano. Com características ofensivas, Albérico é daqueles laterais que não se intimida, gosta de partir pra cima, explorar tanto o corredor quanto a diagonal, procurando a assistência ou até mesmo a finalização. É muito provável que este ano ele defenda a Seleção de Cachoeira, que será treinada pelo técnico Zé Carijé, na disputa do Intermunicipal. (Giro/Romário Henderson)