Reportagem do Giro localiza mãe de ipiauense que virou mendigo na Itália


Mãe de Tiago também passa por problemas de saúde (Foto:Giro em Ipiaú/Bruno Aragão)

A reportagem do GIRO localizou no final da manhã desta
quinta-feira (17) a mãe do jovem transformista Tiago Oliveira, de 29 anos. Ele mora
nas ruas de Milão, na Itália, há cerca de 6 anos (ver matéria). Uma campanha nas redes sociais
promovida pela brasileira “Bebel” procurava por parentes do baiano. Após
publicação no GIRO foi possível chegar até o endereço da mãe do rapaz. Rita de Cássia de Oliveira, 47, mora numa humilde
residência localizada no bairro Vila Irmã Dulce, em Ipiaú. Ela vive na
companhia do tio, que luta contra um câncer. O homem conta que a mulher também passa por problemas de saúde.  Segundo ele,
Thiago esteve em Ipiaú há cerca de 7 anos e depois retornou para a Europa. “Há
muito tempo que a gente não tem notícias dele”, revelou a mãe, sem demonstrar
entusiasmo. “Diante da situação da família, é praticamente impossível alguém
sair daqui para ir buscar ele lá na Itália”, disse uma vizinha à reportagem do
GIRO.

Ipiauense vive nas ruas de Milão há 6 anos (Fotomontagem:Giro em Ipiaú)

Tiago está sendo acolhido por uma brasileira, natural de Belo Horizonte.
Ela conta que todos os dias dá banho nele, o alimenta e permite que ele durma
no prédio onde mora. “Estou tentado ir ao Consulado Brasileiro para vê o que
pode ser feito neste caso”, disse Bebel. Após ver a foto da mãe, Tiago teria se emocionado nesta quinta-feira. A reportagem do GIRO acompanhará o
desenrolar do sofrimento do ipiauense que atravessou o mundo para tentar vencer
na vida. (Giro em Ipiaú) 

Baiano que virou mendigo na Itália é de Ipiaú; caso ganhou repercussão nas redes sociais


O baiano está com lapso na memória e com problemas de saúde (Fotomontagem:Giro em Ipiaú)
O baiano transformista Thiago Oliveira, morador de rua da
cidade de Milão, na Itália, que ganhou repercussão nas redes sociais nos
últimos dias após outro brasileiro postar a foto do mendigo procurando por
familiares na Bahia, é de Ipiaú, conforme informou um policial militar. A reportagem do Giro entrou em contato com “Bebel”, que
acolheu Tiago no prédio onde mora e tem feito a campanha em busca de
informações de parentes. Ela conta que o rapaz está vivendo nas ruas de Milão há
cerca de seis anos e atualmente passa por problemas mentais. “Ele
não lembra de praticamente nada e não fala coisa com coisa. Não sabe o que é
Brasil, não lembra o nome do pai e da mãe, nem ao certo, onde nasceu. As poucas
informações que tenho estão no passaporte dele, que já é bem antigo. Outro dia
ele falou que era de Itabuna, Porto Seguro e de uma cidade chamada Ipiaú”,
afirmou Bebel à reportagem do GIRO.  Após
uma pesquisa no Infoseg (Integração das Informações de Segurança Pública,
Justiça e Fiscalização ) um policial militar de Teixeira de Freitas entrou em
contato com o Giro e informou o local onde possivelmente a família dele estaria
morando em Ipiaú. A equipe do Giro localizou, na manhã desta quinta-feira (17), os familiares de Thiago Oliveira. Ainda hoje uma reportagem completa sobre o caso.