Menina de 5 anos morre com suspeita de dengue em Feira de Santana; mãe relata demora em diagnóstico


Foto: Reprodução/Acorda Cidade

Uma menina de cinco anos morreu com suspeita de dengue, na cidade de Feira de Santana. De janeiro a 21 de abril, foram notificados no município 5.896 casos da doença, sendo 1.481 já confirmados e seis mortes, segundo a Secretaria de Saúde municipal — outros quatro óbitos estão sob investigação. O óbito de Samile Brito Araújo ocorreu na segunda-feira (29), e a família reclama da demora no diagnóstico da doença e de suposto erro médico. A mãe, Saionara Brito Santos, contou que a filha começou a passar mal uma semana antes, teve febre alta e dor de cabeça.

“Eu levei para a policlínica, ela foi medicada e voltou para casa. Na quarta, pela manhã, ela acordou com dor de cabeça e se coçando. Eu voltei a levá-la para a policlínica. Eu achei que tinha sido reação ao medicamento. Lá, o médico deu o mesmo medicamento e a febre não baixava, e passou a tarde lá, dando banho e tal”, afirmou. “Na quarta para a quinta, ela teve uma coceira nos pés, e eu comecei a coçar com escova de cabelo, porque não amenizava. Na quinta, ela amanheceu já vomitando, não queria comer”, completou a mãe. Depois de ser diagnosticada com dengue, a menina chegou a ser transferida para o Hospital da Criança, mas não resistiu. *Com informações do G1