Crônica de um Domingo Azul – por José Américo Castro


Fotos: Giro Ipiaú

A cidade se vestiu de azul. Doce resultado de um Mel da cor do céu. Caminho do sucesso, felicidade, realidade de um dever cumprido, concretização de um sonho lindo. Povo unido em um objetivo maior. Vibração crescente, chamando gente, ajuntando, mostrando força e capacidade. Enchente de emoção.

O município, a região, a Bahia em seu interior, tecendo um novo tempo, torcendo pelo time da camisa azul. Doce resultado de um trabalho bem planejado, executado com primor, com sabor de polpa de fruta. Forte vitalidade de uma cidade que se fez modelo.
O time da Doce Mel chegando, buscando a grande vitória, trazendo glorias, fazendo história. Allez le bleu, em frente azuis, em frente Ipiaú.

O Estádio Pedro Caetano azulou na tarde de um domingo lindo. Azulou na arquibancada, no gramado verde, na paisagem do vale, nas águas dos rios, no sorriso dos meninos, homens, mulheres, idosos… Nos olhos de todos: o azul. Ipiaú meu bem querer, azulou teu coração.

Alipinho, Alipão, Marcelo, Paulinho,Catalão, Vana, Banda Roxa, Flávia, Maria, Elias Borges, Lupita, Marcelo Pano, Railan, Secão, o time todo no mesmo ritmo, num só sentido: é raça, é garra, é campeão. Avante nação azul. Até a torre da igreja desta cidade é blue. Azul.

Técnico do Olímpia prevê confronto muito equilibrado contra o Doce Mel


Foto: Reprodução

A primeira fase teve 30 pontos em disputa, dos quais 23 pontos foram somados pelo Olímpia, quem nos 10 jogos venceu sete vezes, empatou duas vezes e perdeu apenas uma vez. A Águia Baiana, como é conhecida, tem o melhor ataque com 19 gols marcados e a melhor defesa, 05 gols sofridos. O artilheiro da competição é o atacante Chorinho, com 08 gols, que defende as cores da equipe da capital. Os números expressam a força do Olímpia e sua chegada à final de maneira soberba e incontestável.

O técnico Sérgio Araújo elogiou o time do Doce Mel e acredita em dois confrontos equilibrados. “Foram jogos (empates contra o Doce Mel) muito parelhos e de muito estudo entre as duas equipes. Temos convicção que a final será também neste nível. O torcedor do Olímpia pode esperar muita garra, determinação e o padrão de jogo que viu até aqui. O Doce Mel tem uma equipe muito forte e experiente, mas o nosso time também tem qualidade e está preparado para essa decisão. Serão dois bons jogos”, garantiu o técnico do Olímpia ao site oficial do clube. (mais…)

Doce Mel e Olímpia iniciam neste domingo decisão por vaga na elite do Baianão


Equipes já se enfrentaram duas vezes na competição (Foto: Giro Ipiaú)

*Do A Tarde

Doce Mel e Olímpia começam a decidir neste domingo, 19, o título da divisão de acesso do Campeonato Baiano. No mando de campo do Doce Mel, o estádio Pedro Caetano, em Ipiaú, às 15h, os times fazem a primeira partida da final, que decidirá vaga na elite do Baianão-2020. Nos dois confrontos pela fase de classificação, os finalistas empataram duas vezes em 1 a 1. “Essa partida será um tira-teima”, concluiu o diretor administrativo do Doce Mel, Rodrigo Andrade. Ele relatou que a cidade está animada e os cerca de 2.300 lugares no estádio serão insuficientes para toda a torcida local. “O ingresso é R$ 20 e a gente ainda dá uma camisa do time. Não só de Ipiaú, mas muitas pessoas das regiões de Jequié, Ibirataia, Jitaúna e Ubatã pediram reserva de ingressos. Mas quem ficar do lado de fora do estádio vai poder assistir à partida pela televisão”, tranquilizou Andrade. A TVE transmite o confronto.

Estádio deve chegar a lotação máxima neste domingo (Foto: Giro Ipiaú)

Ao contrário do Olímpia, estreante na Série B e (se for campeão também vai estrear na Série A), o Doce Mel já tem um histórico, mas com o nome antigo: Atlanta, que era sediado em Jequié. jogou na Segunda Divisão. O clube já chegou a jogar a elite estadual e havia disputado a 2ª Divisão pela última vez em 2008. “O dono da equipe, Alípio Oliveira, ainda não tinha conseguido transferir o nome da empresa de polpa de frutas para Doce Mel, e optou por colocar Atlanta”, explicou o diretor. Andrade contou, ainda, que para o torneio deste ano o clube-empresa formou uma base com atletas do Jacobina. “Trouxemos 14 jogadores do time e alguns do Intermunicipal para formar a base”, informou. O clube tem folha salarial de R$ 50 mil por mês. (mais…)

Para ir à final da Série B, Doce Mel vai precisar vencer e torcer por outros resultados


Jogo da última rodada será em Ipiaú.

O Doce Mel ainda segue com chances de se classificar para a final da Série B do Baianão. Para isso precisará vencer o Canaã no próximo domingo, 12, no estádio Pedro Caetano, e torcer por um empate entre Unirb e PFC-Cajazeiras ou vitória do PFC-Cajazeiras, ambos se enfrentarão em Cachoeira. O Olímpia já classificado enfrentará o Galícia, em Salvador. No complemento da penúltima rodada, na tarde deste domingo (5), a UNIRB derrotou o líder Olímpia por 1 a 0, no Estádio Antônio Carneiro, em Alagoinhas, e assumiu a vice-liderança, com 16 pontos. A terceira colocação é do Doce Mel, que no sábado (4), à tarde, no Estádio Roberto Santos, em Pituaçu, venceu o Galícia por 2 a 0 e chegou a 15 pontos. Já eliminado de qualquer possibilidade de chegar à final, o Azuino está com apenas um ponto. Também na tarde deste domingo (5), no Estádio José Rocha, em Jacobina, Canaã e PFC-Cajazeiras empataram por 2 a 2. Com o resultado, a equipe de Irecê ficou com 11 pontos e não tem mais chances matemáticas de classificação. O Lobo-Guará ainda sonha com a vaga na final e está com 13 pontos. Nos 27 jogos disputados até agora pela Série B foram marcados 72 gols, uma boa média de 2.66 gols por partida. *Com informações do site da FBF

Doce Mel recebe Unirb neste domingo no estádio Pedro Caetano


Foto: Divulgação

Jogo de seis pontos. Confronto direto. É assim que está sendo classificado o duelo decisivo entre Doce Mel x Unirb. A Unirb, com um ponto a mais que o Doce Mel, sabe da importância de um bom resultado para seguir adiante rumo ao objetivo. Da mesma forma, o Doce Mel reconhece o peso do confronto e da necessidade de sair com a vitória, que a depender de uma possível combinação de resultados, que seria seu triunfo somado a um tropeço do PFC Cajazeiras, pode terminar a rodada na segunda colocação, isto é, dentro da zona de classificação para a fase final. A bola rola neste domingo, 28, às 15h no estádio Pedro Caetano. (Romário Henderson/Giro)