Vereadores ouvem reclames do grupo que questiona eleição na Liga Desportiva de Ipiaú


Reunião aconteceu no salão da Câmara de Vereadores (Foto: Giro Ipiaú)
Por sugestão do vereador Josenaldo Jesus, o popular “Jô da
AABB”, a Câmara Municipal de Ipiaú criou uma comissão provisória para
acompanhar e mediar a questão da polêmica eleição da Liga Desportiva de Ipiaú.
Em sua primeira reunião, na manhã dessa quarta-feira, 8, no Salão do Plenário
da Câmara, a comissão, inicialmente constituída por sete vereadores,  ouviu as reclamações do grupo que se opõe à diretoria
da liga, reeleita no  último dia 17 de
fevereiro por dirigentes de cinco dos 16 clubes que integram a entidade. Os
queixosos asseguram que o processo eleitoral foi repleto de irregularidades e
diante disso reivindicam a sua anulação do pleito. Eles sugerem que uma nova
eleição aconteça de forma democrática e transparente, num prazo de 30 dias e
prometem recorrer ao Ministério Público caso o problema não seja solucionado
pela via diplomática.
Dentre os procedimentos que os reclamantes apontam como irregulares
constam a ausência de convocação da eleição nos meios de comunicação da cidade
e a realização da votação em um prédio residencial que há muito tempo se
encontrava fechado. “O Edital de Convocação foi veiculado em um jornal de
Salvador que não circula em Ipiaú e nenhum dos clubes que votaram estão
registrados legalmente desde o ano de 2013. Somando a isso verificou-se a
obscuridade do processo. O conjunto desses fatores torna o pleito ilegal,
repetindo assim o que já ocorreu na primeira eleição do presidente Marcelo
Martins que busca se manter no poder da Liga Desportiva Ipiaú praticando o jogo
sujo”, comentou um dos reclamantes presente na reunião com os vereadores. Um
representante do grupo que se reuniu com a comissão deverá ocupar a Tribuna
Livre da Câmara para esclarecer ao plenário o motivo dos seus reclames.

O
outro lado
A Comissão Provisória de Acompanhamento anunciou que
convidará a diretoria da Liga, inclusive o presidente reeleito Marcelo Martins,
para que, na próxima segunda-feira, 13, apresente o contraditório do que foi
exposto pelos reclamantes. ”Será uma reunião aberta ao público, nos moldes da que
realizamos com o grupo que se opõe aos acusados”, adiantou o vereador Lucas de
Jesus Santos, o popular “Lucas do Social”- PMDB-  presidente da 
Comissão Permanente de Educação, Esportes, Cultura, e também membro  da Comissão de Acompanhamento recém
constituída. Outros edis que participam desta comissão são: Andréia Novaes,
Erivaldo Carlos de Oliveira Santos (Pery), Orlando Santos, Lucas Louzado dos
Santos (Lucas de Vavá), Emerson Oliveira da Silva (Fite), Simone Coutinho e
Alessandro Moreira de Jesus (San de Paulista).
*José Américo
Castro/ASCOM- Câmara de Ipiaú