Reconhecimento facial já prendeu 35 pessoas na Bahia


Foto: Alberto Maraux/SSP

A Justiça buscava por notícias de Henrique Gonçalves dos Santos Nascimento, o Léo, 29 anos, desde 2013, quando foi acusado de um homicídio qualificado em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). O suspeito, que sequer compareceu à audiência, mal podia imaginar, mas era um dos 65 mil rostos cadastrados no banco de dados da Secretaria da Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP-BA) que, desde dezembro, cruza informações, ali armazenadas, com imagens de câmeras de reconhecimento facial – instaladas no aeroporto, rodoviária e estações de metrô da capital. Alheio ao fato de que um alerta seria enviado às equipes do Centro de Operações e Inteligência (COI), no prédio da SSP, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), assim que seus traços faciais fossem filmados por um dos equipamentos, Henrique acabou preso pela Polícia Militar, nesta sexta-feira (31), após circular por uma das 20 estações de metrô da cidade.

Ao todo, já são 35 pessoas presas por reconhecimento facial, sendo duas em Salvador [uma delas no Carnaval] e 33 na Micareta de Feira de Santana. Os alvos da SSP-BA, no entanto, dão uma lista muito maior. Superintende de Tecnologia e gerente de grandes eventos da SSP, coronel Marcos Oliveira afirmou que, ao todo, três mil pessoas são procuradas pelas câmeras. As demais, de acordo com ele, integram o grupo de “indivíduos que têm ou já tiveram dívidas com a Justiça”, além de desaparecidos. Leia mais no CORREIO

Micareta de Feira registra 33 prisões com uso de reconhecimento facial


Foto: Divulgação SSP

Trinta e três pessoas foram presas na Micareta de Feira de Santana com o uso do recurso de reconhecimento facial. O número foi divulgado nesta segunda-feira (29) pelo secretário da Segurança Pública (SSP-BA), Maurício Barbosa. Entre os detidos estão pessoas com mandados de prisão por homicídio e tráfico de drogas. Ainda segundo o secretário, não houve registro de homicídios no evento, encerrado neste domingo (28). Ainda sobre reconhecimento facial, a SSP-BA contabilizou mais de 1,3 milhão de foliões que tiveram os rostos capturados pela nova tecnologia. Com isso, 903 alertas foram gerados para as unidades policiais instaladas nos trajetos, o que resultou no cumprimento de 18 mandados e na captura de 14 pessoas por descumprimento de prisão domiciliar e de uma pessoa condenada. (mais…)