Ipiaú: Ambientalista expõe aos vereadores a situação do Rio das Contas


Luquinha expôs na Tribuna da Câmara a grave situação do rio. (Foto:Giro em Ipiaú)
A insistente luta de poucos para salvar o muito que representa o Rio das Contas à sobrevivência de inúmeras vidas se repetiu na sessão ordinária que a Câmara Municipal de Ipiaú realizou na noite do último dia 30 de setembro. Foi com muita atenção que os vereadores e o público presente no salão do plenário assistiram o ambientalista Valmir Roque Santos, explanar a respeito da grave situação em que se encontra tão importante manancial baiano e que este município tem o privilégio de ser banhado em seu perímetro urbano. “Luquinha”, como é mais conhecido este ambientalista, compareceu à Câmara em atendimento a um convite do vereador Adelfran Bacelar -SDD- que tem demonstrado constantes preocupações com as questões ambientais. Da Tribuna Livre, o convidado narrou que o rio de Contas não é mais visto tranquilo a correr, como diria o poeta e “apenas caminha, em passos lentos, de um idoso doente”.
Trecho do Rio da Contas em Ipiaú.
Emocionado, o orador solicitou o apoio de toda a população ribeirinha, desde Piatã, na Chapada Diamantina, passando por Jequié, Jitaúna, Barra do Rocha, Ubatã e Ubaitaba, dentre outros municípios, até Itacaré, para um esforço concentrado em defesa do rio. “É preciso que nos juntemos todos, as autoridades regionais, os prefeitos, os vereadores, os empresários, os ecologistas, o povo em geral, para realizarmos grande movimento pela recuperação deste doente chamado Rio das Contas”. Luquinha acredita que ainda é tempo de salvar o rio, de cuja existência dependemos vitalmente, mas é preciso que todos se unam neste propósito nobre. O presidente da Câmara, Jean Kleber da Silva Cunha -PTdo- em sintonia com o pensamento dos demais vereadores, reafirmou a intenção de realizar uma audiência pública em busca de soluções para o problema, assim como acenou o apoio da casa ao trabalho voluntário que Luquinha vem desenvolvendo pela recuperação do manancial. (Giro/José Américo Castro).