Suspeito de matar idoso, grávida e adolescente no Entroncamento de Jaguaquara é preso em Conquista


(Foto: Divulgação)

Jhonatan Gomes de Jesus, o Paulista, foi preso nesta terça-feira (7) em Vitória da Conquista, acusado por um triplo homicídio que aconteceu no último dia 3 no Entroncamento de  Jaguaquara (ver aqui). Ele é apontado como responsável pelas mortes de uma adolescente de 16 anos, uma grávida e um idoso. Vanessa Souza Santos, de 16 anos, Joelma Souza Almeida, de 31, que estava grávida, e Elias Custódio Santana, de 61, foram mortos a pauladas e facadas dentro de casa. O motivo do crime, aponta a investigação, foi uma dívida de drogas que as duas mulheres tinham com Paulista, que é o líder do tráfico na localidade de Terra Braz.

Foto: Blog Marcos Frahm

Paulista foi preso dentro de um ônibus em Conquista, tentando fugir para São Paulo. Ele será encaminhado para Jaguaquara nos próximos dias. Gilson Conceição de Jesus, tio de Vanessa, também foi preso nesta terça, em Jaguaquara. Como vingança pela morte da sobrinha, ele matou Moisés Bispo Fernandes dos Santos, acreditando que ele estava envolvido no crime (ver aqui). Ele já tinha passagem por tráfico e agora foi autuado em flagrante por homicídio.

Homem, mulher grávida e adolescente são mortos a pauladas no município de Jaguaquara


Foto: Blog Marcos Frahm

Um homem, uma mulher grávida e uma adolescente foram encontrados mortos, na manhã dessa sexta-feira, 03, dentro de uma residência na localidade de Terra Braz, na região do Entroncamento de Jaguaquara, às margens da BR-116. Segundo informações da Polícia Militar, os corpos de Elias Custódio Santana, com mais de 60 anos, proprietário do imóvel, Joelma Souza Almeida, 30, e Vanessa de Jesus, de 16 anos, foram encontrados por um agente de saúde, que foi a casa para levar o ancião até a cidade de Jaguaquara para tentar viabilizar a sua aposentadoria, conforme informou o Blog Marcos Frahm. De acordo com a reportagem, o agente teria sido surpreendido com a cena e procurou um sobrinho de Elias, que acionou os militares juntamente com a Polícia Civil.

Foto: Blog Marcos Frahm

Segundo a polícia, o crime pode ter sido praticado na madrugada e as vítimas foram mortas a pauladas. Os corpos da menor e do idoso estavam num quarto do imóvel e a gestante ao lado de um fogão de lenha, na cozinha da casa. Peritos do Departamento de Polícia Técnica de Jequié removeram os corpos às 14h30, falando em crime de ódio, em face a ação violenta do autor, que ainda não foi identificado. As autoridades policiais não descartam que o crime possua relação com o tráfico de drogas, uma vez que a adolescente já foi apreendida com entorpecente. A Polícia Civil deu início as investigações. O crime chocou a pequena comunidade. *Com informações do Blog Marcos Frahm