Morre João Grilo, um dos maiores craques do futebol ipiauense


João Grilo morreu aos 73 anos de idade.
O futebol  de Ipiaú, está de luto. Morreu na manhã desta quarta-feira (27), no Hospital e Clínica São Roque, o ex jogador João Grilo, um dos melhores zagueiros do interior da Bahia nas décadas de 1960 e 1970. Seu estilo clássico jamais será esquecido por aqueles que tiveram o privilégio de lhe ver atuar no Grêmio, no Independente, na Seleção de Ipiaú e em outras equipes da região. Era de uma elegância sem igual no domínio da bola, no desarme do adversário e na ligação com o meio de campo. O ex-craque  apresentou problemas de saúde há menos de um mês em decorrência de um câncer. O corpo está sendo velado na Câmara de Vereadores do Município de Ipiaú. O sepultamento está previsto para as 09h desta quinta-feira (28) no Cemitério Velho. João Grilo deixou esposa, quatro filhos e três netos.
Ednaldo Freire Santana, 73 anos, o saudoso “João Grilo”, exerceu as profissões de sapateiro e estofador. Era um homem simples e muito educado. Seu temperamento tranquilo ganhou destaque no gramado do estádio Pedro Caetano contribuindo para que o Independente Esporte e Cultura  ganhasse muitos títulos como o bicampeonato em 1966, contra o rival Ipiaú Esporte Clube. A primeira e grande conquista de João grilo no futebol ipiauense foi no campeonato de 1963, quando o Grêmio, time que fundou juntamente com os sapateiros Carmerindo e Laudelino, venceu o poderoso Bancários por  3 X 1(gols de Milene, Daniel e Ataíde) sagrando-se campeão e carimbando o passaporte para a história. Parafraseando a canção da MPB: “O velho atleta recordava  as jogadas felizes, matava a saudade no peito driblando a emoção. Mas pela vida impedido parou e para sempre o jogo acabou. O  time do tempo ganhou.

Independente (Bi-Campeão em 1966)- Em pé: Betinho, Dí, Everaldo Barbosa, Gaso da Serraria, Jasson, João Grilo, Américo Pintor (o  Massagista)  e Jaime Cobrinha.Agachados: Caribé, Denancí, Gagé, Daniel Macêdo, Gino, Orlindo Lopes e Lourival Paneli.
Grêmio (Campeão de 1963)- João Grilo, Rinchão, Cudo,Laudelino , Jasson, Gaso da Serraria(em pé).Renê, Daniel  Macêdo,Milene,  Ataíde e Nane Guará(agachados) Na foto ainda aparece Biribinha, o treinador e massagista.  (Giro/José Américo Castro)