Ipiaú: Primeira fase de videomonitoramento da cidade foi inaugurado


A central fica na sede da 55ª CIPM.
Foi inaugurando na manhã desta quarta-feira(30) no Batalhão da 55ª CIPM (Companhia Independente da Polícia Militar), a primeira fase do  projeto de videomonitoramento da cidade de Ipiaú (fotos). Empresários lojistas e supermercadistas, juntamente com lideranças políticas e outros segmentos da comunidade local se uniram para juntar forças e auxiliar o comando da 55ª CIPM no projeto de ampliação do videomonitoramento de Ipiaú. Foram instaladas 08 câmeras em pontos estratégicos da cidade. O projeto prevê mais 08 câmeras. Elas estão interligadas via radio, com giro de 360 graus e de alta resolução, tendo um alcance de aproximadamente dois quilômetros. O projeto total está orçado em R$ 120 mil e os recursos são obtidos em campanhas desenvolvidas pelo Clube de Diretores Lojistas (CDL) e outras entidades parceiras. (Giro em Ipiaú)

Instalação do projeto de vídeo monitoramento urbano foi iniciada em Ipiaú


Imagem Ilustrativa.
A primeira fase do projeto de
vídeo monitoramento urbano de Ipiaú foi iniciada na última segunda-feira, 11,
com a adoção dos procedimentos básicos para a instalação da rede wireless(sem
fio) que se encarregará da  recepção e
transmissão das imagens captadas dos locais em que estarão as câmeras até a
central de recepção dessa imagens, a qual conta com um televisor de 32
polegadas e um monitor conectado a um computador. Concluída essa etapa, nos
dias seguintes serão instaladas, em pontos estratégicos, seis câmeras, cada uma
com um rádio transmitindo as imagens até a base repetidora mais próxima. O
projeto decorre de uma iniciativa do Clube de Diretores Lojistas de Ipiaú, com apoio
de órgãos públicos. Seu custo é de quase R$ 89 mil, dos quais 50% já foram
quitados graças à mobilização dos empresários lojistas, através de algumas campanhas
promocionais e doações. Nesse ensejo o presidente da CDL, Esaú Santos Neto, aproveita
para agradecer a todos que tem colaborado 
e ao mesmo tempo informar que até o final deste ano outras câmeras serão
instaladas, perfazendo um total de 16. “O vídeo-monitoramento urbano implica em
uma importante ação preventiva contra atos delituosos e mais segurança para o
cidadão. A colaboração da comunidade no sentido de aderir às campanhas
promocionais com este objetivo são fundamentais para a consolidação e ampliação
deste importante projeto”, destacou Esaú. (Giro/José Américo Castro).