Jovem é morto a tiros na frente do filho de 5 anos em Vitória da Conquista


Foto: Redes Sociais

Um jovem de 22 anos foi morto a tiros na frente do filho, de apenas 5 anos, na cidade de Vitória da Conquista. De acordo com a Polícia Militar, Lucas Moreira Santos Melo estava parado em uma motocicleta com o menino na garupa, quando um criminoso se aproximou do veículo e atirou. O crime ocorreu na tarde da terça-feira (25), no bairro Jurema. Após o ataque, o suspeito, que ainda não foi identificado, fugiu do local. O filho da vítima não foi atingido. Conforme a PM, o menino foi socorrido por moradores da região, levado para o Conselho Tutelar da cidade e, em seguida, entregue a familiares. Ainda não há detalhes sobre a motivação do crime. O caso está sob investigação da Polícia Civil. *Com informações do G1

Homem acusado de tentativa de homicídio é assasinado em Itabuna


Foto: Verdinho Itabuna

Mais um assassinato entrou para os índices alarmantes da violência em Itabuna. Um homem de 33 anos foi executado, no final da tarde desta segunda-feira (10), na Travessa São Pedro, bairro João Soares. Leandro Ávila da Silva, segundo testemunhas, já havia sofrido um atentado há alguns meses. Ele tinha passagens pela polícia. Entre os crimes os quais respondia, estava o de tentativa de homicídio. Leandro era acusado de esfaquear um homem, cujo nome não foi divulgado. O caso será investigado pela Polícia Civil do município. *As informações são do Verdinho Itabuna

Familiares e amigos homenageiam jovem de Ipiaú encontrado morto no Rio de Contas


Mãe de Ramon participou da homenagem (Foto: Giro Ipiaú)

Os pais de Ramon dos Santos, desaparecido no último dia 18, reconheceram o corpo encontrado no Rio de Contas, no sábado passado (ver matéria), como sendo do jovem morador do ACM. No final da tarde dessa sexta-feira, 26, familiares e amigos  de Ramon fizeram uma homenagem levando flores ao local onde o corpo foi encontrado. Em seguida soltaram balões brancos na ponte que liga Ipiaú ao distrito do Japomirim.

Amigos levaram flores e balões brancos (Foto: Giro Ipiaú)

Ela atribuiu a morte do seu filho às más amizades. “Eu falava com ele sobre certas amizades. Pra ele se sair do meio de muita gente. Ele ficava no celular o tempo todo em um grupo que conversava com muita gente e eu não gostava disso. Eu sempre reclamava e falava com ele pra tomar cuidado com quem conversava e com o que postava”, detalha.

Balões brancos foram atirados da ponte em direção ao rio (Foto: Giro Ipiaú)

Maria Betânia disse ainda que no dia do desaparecimento do seu filho, ele estava conversando com uma pessoa e depois saiu de casa numa bicicleta até um ponto de mototáxi e foi até a Praça dos Cometas. “Essa pessoa que chamou ele até o local, que marcou com ele, foi alguém que ele confiava, que ele tinha como amigo”, descreve Betânia.

Ramon tinha 17 anos e morava no ACM.

O caso segue investigado pela Polícia Civil. As autoridades policiais acreditam que a morte tenha sido provocada por uma facção criminosa que atua na cidade. O corpo encontrado sem a cabeça e com os pés amarrados foi removido pelo DPT e encaminhado para o IML, em Jequié, onde permanece até a confirmação da identificação por meio de exame de DNA, que pode durar até quatro meses para a liberação. (Giro Ipiaú)

Grupo em carro atira contra jovem e vítima morre em praça de Buerarema


Foto: Divulgação/Polícia Civil

Uma jovem de 26 anos foi morta a tiros na noite de terça-feira (23), na cidade de Buerarema. De acordo com a Polícia Militar de Itabuna, que atendeu a ocorrência, Juliana Santos Gusmão, de 26 anos, foi atingida por diversos tiros e morreu na praça principal da cidade. Informações preliminares obtidas pela polícia apontam que três homens em um carro passaram pelo local e atiraram várias vezes contra Juliana. O trio conseguiu fugir e, até a publicação desta reportagem, ninguém havia sido preso. A polícia informou que o carro usado na ação foi abandonado pelos homens na saída da cidade. No veículo, a polícia encontrou o celular e relógio da vítima, além de uma arma de fogo. Havia marcas de sangue no carro, informou a polícia. De acordo com a Polícia Civil, a vítima não tinha passagem na unidade. A autoria e motivação do crime são investigadas. O corpo de Juliana foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica de Itabuna, mas não há informações sobre liberação e sepultamento. *As informações são do G1

Brasil registra mais de 38 mil assassinatos até setembro


Pelo menos 38.436 pessoas foram assassinadas nos nove primeiros meses deste ano no Brasil. Apenas em setembro foram registradas 3.721 mortes violentas. O número, porém, é ainda maior, já que dois estados (Maranhão e Paraná) não divulgam os dados referentes a setembro. O Paraná é o único que não divulga também os dados de julho e de agosto. O índice nacional de homicídios, ferramenta criada pelo G1, permite o acompanhamento dos dados de vítimas de crimes violentos mês a mês no país.
O número consolidado até agora contabiliza todos os homicídios dolosos, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte, que, juntos, compõem os chamados crimes violentos letais e intencionais. O mapa faz parte do Monitor da Violência, uma parceria do G1 com o Núcleo de Estudos da Violência da USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.
Desde o início do ano, jornalistas do G1 espalhados pelo país solicitam os dados via Lei de Acesso à Informação, seguindo o padrão metodológico utilizado pelo Fórum no Anuário Brasileiro de Segurança Pública. O objetivo é, além de antecipar os dados e possibilitar um diagnóstico em tempo real da violência, cobrar transparência por parte dos governos.

Bahia é o estado com mais mortes de jovens entre 15 e 24 anos


As mortes violentas na Bahia, aquelas causadas por homicídios, afogamentos, suicídios, acidentes de trânsito, atingem mais os homens com idades entre 15 e 24 anos. Em 2017, de acordo com o Instituto Nacional de Geografia e Estatísticas (IBGE), foram registradas 3.430 vítimas adolescentes e jovens do sexo masculino no estado, que se manteve líder no ranking nacional.
O número ainda é maior do que o obtido pelo IBGE em 2016, com variação positiva de 1,1%, o que corresponde a um acréscimo de 36 mortes deste tipo. Com isso, a Bahia se distancia ainda mais de São Paulo, estado mais populoso do país, que tem redução nos casos de mortes violentas de homens jovens desde 2015.
Em 2017, o estado do Sudeste teve 3.067 registros, cerca de 10% a menos do que as ocorrências no maior estado nordestino. O número de mortes em São Paulo em 2016 também conseguiu ser menor do que o registrado na Bahia em 2017: foram 3.208.
O IBGE ainda apontou que, em 2017, na Bahia, 8 em cada 10 casos de mortes de homens entre 15 e 24 anos foram em razão de causas externas (84,7%), o maior percentual do país.
Nesse mesmo período de 10 anos, enquanto 10 dos 27 estados brasileiros conseguiram reduzir essa estatística, a Bahia não só caminhou no sentido contrário. Enquanto as mortes de homens jovens e adolescentes nessa faixa etária somaram 1.501 registros em 2007, dez anos depois, as ocorrências aumentaram 128,5%, um aumento absoluto de 1.929 óbitos.
Em termos percentuais, o aumento registrado na Bahia neste período só perdeu para o Ceará, que teve variação positiva de 144,1%, e Sergipe, aumento de 134,7% em dez anos. Já no cenário nacional, foram 27.596 mortes deste tipo, número que é 2,2% maior do que o registrado em 2016 e 13% superior aos casos de 2007.
*Conteúdo reproduzido do CORREIO

Três morrem e outros dois são baleados em ataque de criminosos no Entroncamento de Jaguaquara


Uma das vítimas morreu ao lado de um outdoor (Foto: Blog Marcos Frahm).
Três jovens, entre eles um adolescente de 15 anos, foram mortos na noite de quarta-feira (24), em Jaguaquara, no sudoeste da Bahia. De acordo com a Polícia Militar, testemunhas relataram que homens em um carro se aproximaram das vítimas e atiraram. Os crimes ocorreram em pontos diferentes da cidade e não há detalhes da sequência dos fatos, mas a suspeita é de que os dois tenham relação.

Durante as ações, outros dois jovens foram baleados. A PM detalhou que o primeiro crime aconteceu às margens da BR-116. O adolescente de 15 anos e um jovem de 23, identificado como Joanderson Santos Silva, foram baleados e mortos no entrocamento de Jaguaquara. Já o segundo crime ocorreu na Rua Nova, também em Jaguaquara. Outros três jovens foram baleados. 

Tio ajuda peritos a remover corpo de sobrinho assassinado a tiros (Foto: Blog Marcos Frahm).
O trio foi socorrido para o Hospital de Jaguaquara e, na unidade de saúde, Nelson John, de 19 anos, não resistiu aos ferimentos. Os outros dois rapazes, que não tiveram a identidade revelada, sobreviveram. Um levou um tiro no pé e já foi liberado, já o outro, segue internado em estado grave. A PM suspeita que os crimes tenham relação com o tráfico de drogas. Os corpos foram encaminhados para IML de Jequié, mas não há detalhes sobre sepultamento. 

*Conteúdo reproduzido do G1

Brasil tem 3,4 mil mortes violentas em agosto e 34,3 mil no ano


Pelo menos 3.444 pessoas foram assassinadas no mês de agosto deste ano no Brasil. O número, porém, é ainda maior, já que quatro estados não divulgam os dados. O índice nacional de homicídios, ferramenta criada pelo G1, permite o acompanhamento dos dados de vítimas de crimes violentos mês a mês no país. Já são 34.305 vítimas registradas nos primeiros oito meses deste ano.
O número consolidado até agora contabiliza todos os homicídios dolosos, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte, que, juntos, compõem os chamados crimes violentos letais e intencionais.
O mapa faz parte do Monitor da Violência, uma parceria do G1 com o Núcleo de Estudos da Violência da USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Professor é morto a facadas em fazenda no sul da Bahia


Um professor foi morto a facadas no Distrito de Monte Azul, localizado em Jucuruçu, sul da Bahia. Uma faca foi encontrada no local do crime. De acordo com a polícia, um homem localizou o corpo do professor Romilson Pereira, de 56 anos, por volta das 11h30 de quinta-feira (18), na área de pastagem da Fazenda Boa Sorte, no distrito de Monte Azul.
A vítima foi encontrada sem roupa, em estado de decomposição, com várias perfurações de faca pelo corpo. O professor foi visto pela última vez por volta das 19h30 de quarta-feira (17), a bordo de uma motocicleta, com uma mochila nas costas.
Segundo a polícia, era comum a vítima ir até a fazenda onde ele foi encontrado morto. Ainda não há informações de suspeitos e nem a motivação do crime. A Polícia Civil investiga o caso.
O professor, que já trabalhou em Monte Azul, prestava serviço na cidade de Guaratinga, município circunvizinho a Jucuruçu. As aulas estão suspensas nas Escola Boa Sorte e Alagoinhas, que ficam em Guaratinga, onde ele trabalhava. Não há informações sobre o sepultamento da vítima.
*Com informações do G1

Homem de 29 anos é morto a tiros em Ibirataia


Um homem de 29 anos identificado como Rogério Batista Santana, conhecido como “Ró”, foi assassinado com pelo menos três tiros na localidade conhecida como “Beco da Baiúca”, bairro Mirassol. O crime ocorreu por volta das 23h deste sábado (06). Os policiais militares foram acionados e realizaram o isolamento do local até a chegada do DPT. Duas mulheres que estavam com a vítima momentos antes dos tiros foram detidas pelos Policiais Militares e levadas até a Delegacia de Polícia. A Polícia Civil investigará o caso.

*Conteúdo Reproduzido do blog Ocorrência Policial

Ipiaú: Homem é baleado durante tentativa de homicídio na Rua das Flores


Homem foi atingido por dois tiros (Fotos: Giro Ipiaú).
Um homem de 26 anos foi alvo de uma tentativa de homicídio na noite dessa quinta-feira (04), na Rua das Flores, bairro Aparecida, em Ipiaú. De acordo informações de moradores do local, foram ouvidos cerca de seis disparos de arma de fogo. Emerson Lopes de Almeida foi atingindo por dois dos tiros, ambos na perna. Ele contou à Polícia Militar que o autor dos disparos estava a pé e já se aproximou atirando. Emerson ainda conseguiu correr e escapar da maioria dos tiros. O autor da tentativa de homicídio fugiu em seguida. O homem baleado foi socorrido pelo Samu e será encaminhado para a unidade hospitalar. Emerson não informou qual teria sido a motivação do atentado. (Giro Ipiaú)

Brasil já registra mais 30 mil mortes violentas este ano


Ao menos 2.995 pessoas foram assassinadas no mês de julho deste ano no Brasil. O número, porém, é ainda maior, já que quatro estados não divulgam os dados. O índice nacional de homicídios, ferramenta criada pelo G1, permite o acompanhamento dos dados de vítimas de crimes violentos mês a mês no país. Já são 29.980 vítimas registradas nos primeiros sete meses deste ano.
O número consolidado até agora contabiliza todos os homicídios dolosos, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte, que, juntos, compõem os chamados crimes violentos letais e intencionais.
O mapa faz parte do Monitor da Violência, uma parceria do G1 com o Núcleo de Estudos da Violência da USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Desde o início do ano, jornalistas do G1 espalhados pelo país solicitam os dados via Lei de Acesso à Informação, seguindo o padrão metodológico utilizado pelo Fórum no Anuário Brasileiro de Segurança Pública.
O objetivo é, além de antecipar os dados e possibilitar um diagnóstico em tempo real da violência, cobrar transparência por parte dos governos. 

Mototaxista é morto com 8 tiros em Itajuipe


Na noite desta segunda-feira (24), um homem foi assassinado com cerca de oito disparos de arma de fogo na cidade de Itajuípe, no sul baiano. Conhecido como Edson Cabeludo, a vítima trabalhava como moto taxista, e segundo informações policiais, tinha envolvimento com o crime organizado, tendo, inclusive, passagem pela polícia. 
Edson foi atingido por sete tiros nas costas e um na região do abdômen. O assassinato ocorreu no bairro Novo Itajuípe. A polícia investiga o crime. *As informações são do blog Verdinho Itabuna